Divulgação
in

Promovida por Fabiane Pereira, ‘Semana de Imersão na Cadeia Produtiva da Música’ está com inscrições abertas

Divulgação

A “Semana de Imersão na Cadeia Produtiva da Música” que busca promover uma maior compreensão da estrutura dorsal da cadeia produtiva da música está com inscrições abertas, clique aqui para se inscrever.

Promovida pela Jornalista Fabiane Pereira, apresentadora dos programas FARO, Papo de Música, Palco Brasil – além de curadora, roteirista, pesquisadora musical e colunista da Veja Rio – a semana procura identificar as possibilidades de desenvolvimento econômico, social e cultural, a partir de conversas com nomes que atuam ativamente no setor.

Vinte e nove profissionais foram escalados para facilitar a explanação do tema. Princípios básicos de jornalismo, critérios curatoriais, assessoria de imprensa, empresariamento, festivais, patrocínio, circulação, internacionalização e futuro do mercado são alguns dos temas que serão abordados ao longo da semana. A intenção é intensificar a troca de experiências com profissionais da área que atuam no setor da música e contribuem para o debate.

  • Qual a importância do jornalista e do curador musical na cadeia produtiva da música?
  • Como a música e a cultura podem ser mediadores sociais em tempos de crise?
  • Qual a importância de se atualizar sobre a lei de direitos autorais?
  • Como ficará o mercado nacional e internacional para o artista independente pós pandemia?

Estas e outras perguntas serão respondidas durante onze painéis de discussão na “Semana de Imersão na Cadeia Produtiva da Música” que tem a jornalista Fabiane Pereira como curadora de conteúdo. 

Veja a programação completa e os profissionais confirmados abaixo:

 

SOBRE A SEMANA DE IMERSÃO NA CADEIA PRODUTIVA DA MÚSICA (19 a 23 de outubro de 2020)

SEGUNDA (19/10): JORNALISMO & CURADORIA MUSICAL

TERÇA (20/10): EMPRESARIAMENTO/PRODUÇÃO ARTÍSTICA + DIREITO AUTORAL

QUARTA (21/10): DIVULGAÇÃO (ASSESSORIA DE IMPRENSA & DIGITAL) + PLATAFORMAS DE TRANSMISSÃO ONLINE (*único dia com três painéis)

QUINTA (22/10): PATROCÍNIOS & FESTIVAIS

SEXTA (23/10): INTERNACIONALIZAÇÃO & TENDÊNCIAS DO MERCADO DA MÚSICA PÓS PANDEMIA

 

_______

SEGUNDA (19/10): JORNALISMO & CURADORIA MUSICAL

1º PAINEL: 19h às 20h

Mediação: Fabiane Pereira (Papo de Música, Faro e Veja Rio)

Convidadas: Monique Dardenne (WME e CCSP) e Roberta Martinelli (Cultura Livre, Som a Pino e Essenciais)

Monique Dardenne atua no mercado musical há mais de 10 anos como booker de artistas nacionais, internacionais e gestora de carreiras. Foi Label Manager da Plataforma Skol Music e Diretora da WebTv Inglesa Boiler Room no Brasil. É co-fundadora da Plataforma de música Women’s Music Event, que inclui um portal de notícias, uma conferência e o WME Awards by MUSIC2, primeiro prêmio de música voltado às mulheres e Curadora de Música do Centro Cultural São Paulo.

Roberta Martinelli é apresentadora, criadora e curadora do programa Cultura Livre na Rádio Cultura Brasil e na TV Cultura. O programa completa em 2020, onze anos na grade da Rádio Cultura Brasil e 10 temporadas na TV Cultura mostrando a música brasileira que acontece hoje. O programa foi indicado pela APCA como melhor programa de televisão em 2014. É apresentadora do Prelúdio, o único concurso de música clássica da TV brasileira. Apresenta e produz o programa “Som a Pino”, na Rádio Eldorado. Apresenta o podcast “Essenciais” da Deezer com os grandes nomes da música brasileira. Foi jurada de prêmios e seleções de melhores do ano em vários jornais (Folha de São Paulo, Estado de São Paulo Rolling Stone, Revista Bravo, Multishow). Especialista em Canção Popular pela faculdade Santa Marcelina.

 

2º PAINEL: 20h às 21h

Mediação: Marília Feix (Lampeja Música e Superplayer & Co)

Convidados: Josué Veloso (Brasileiríssimos) e Pedro Antunes (Rolling Stone Brasil e Tem Um Gato Na Minha Vitrola)

Marília Feix é jornalista musical há 15 anos. Especialista em Music Business pela Point Blank Music School de Londres, cidade na qual também atuou como DJ residente de música brasileira em duas casas noturnas, sendo idealizadora e apresentadora do programa “Tropicália”, na Bang Radio 103.6 (hoje chamada The Beat London). Foi coordenadora de programação e apresentadora na Rádio Ipanema FM e foi Editora da Revista Noize, do site, e do clube de vinil Noize Record Club. Atualmente é Diretora de Criação da Lampeja Música, empresa de conteúdo sonoro que fundou em 2018, e colabora como Editora de Conteúdo da empresa de música e tecnologia, SuperPlayer & Co, parte do grupo Movile, líder no desenvolvimento de serviços e aplicativos móveis na América Latina.

Josué Veloso ama música, mídias sociais e tecnologia. Desde 2014, coordena as ações do Brasileiríssimos, um dos principais portais de produção de conteúdo sobre cultura brasileira na internet. Também trabalha com agenciamento artístico e produção de eventos, tendo como principal destaque o trabalho com a cantora Ana Müller.

Pedro Antunes é jornalista de música há mais de 10 anos. Desde 2017 mantém o programa Tem Um Gato na Minha Vitrola, levando doses diárias de música aos stories do Instagram, com análises curtinhas em vídeos de 15 em 15 segundos, entrevistas aprofundadas em lives de 1 hora e outros formatos possibilitados pela rede social. Com passagem por grandes veículos de comunicação como Jornal da Tarde, O Estado de S. Paulo, atualmente é editor-chefe e apresentador da Rolling Stone Brasil.

 

_______

TERÇA (20/10): EMPRESARIAMENTO/PRODUÇÃO ARTÍSTICA + DIREITO AUTORAL

1º PAINEL: 19h às 20h

Mediação: Fabiane Pereira (Papo de Música, Faro e Veja Rio)

Convidadas: Melina Hickson (Porto Musical e Fina Produções) e Simone Mizrahi (Duda Beat e IZAZ Conteúdo Cultural)

Melina Hickson atua na área da produção de música há 23 anos. É diretora da Fina Produção, Diretora e Criadora da Convenção Internacional de Música, Porto Musical. Dedica-se ao desenvolvimento internacional de carreiras de grupos dentro e fora do Brasil desde 2004, sendo hoje empresária dos artistas Siba, Tássia Reis, Sofia Freire e Mestre Anderson Miguel, já tendo trabalhado com Karina Buhr, Gui Amabis, Orquestra Contemporânea de Olinda e outros. Já realizou mais de 15 turnês internacionais. Foi produtora executiva de mais de 35 discos e coletâneas. Gerenciou alguns projetos e durante 13 anos foi produtora executiva e sócia do Festival Abril Pro Rock e da Astronave Iniciativas Culturais. Foi produtora de eventos locais e já fez parte de diversas comissões de seleção de patrocínio para empresas como Natura Petrobras e BNDES. Foi escolhida para participar da primeira edição do Projeto Produção Cultural no Brasil, realizado pela Casa de Cultura Digital de São Paulo e Ministério da Cultura, onde ficou entre os 100 gestores de cultura de mais destaque do Brasil de todas as áreas.

Simone Mizrahi é jornalista especializada em marketing cultural, transitou por diversos setores da economia criativa – artes visuais, moda, criações multimídia, teatro, eventos – até fincar os dois pés na música. À frente da IZAZ Conteúdo Cultural, é empresária de Duda Beat desde a sua estreia em 2018, gerenciando a carreira artística e comercial da cantora. Responsável pela turnê nacional e internacional “Pro Mundo Ouvir”, que rendeu à Duda o prêmio WME de melhor show de 2019 e de artista Revelação 2019 pelo Prêmio Multishow. Também assina a direção criativa das lives da cantora e do projeto #DudaBeatEmCasa, uma série de clipes feitos durante o isolamento social.

 

2º PAINEL: 20h às 21h

Mediação: Flávia Cesar (Warner Chappell)

Convidadas: Heloisa Aidar (Editora Altafonte) e Paula Novo (ECAD)

Flávia César trabalha como Gerente Estratégica, Comercial, Filmes e Sincronização,  lidando diretamente com gravadoras, produtores de cinema ,agências de publicidade e marcas, além de ser atuante junto ao time de A&R da empresa  na captação de grandes nomes de autores  como Emicida, Tulipa Ruiz, Diogo Nogueira e Jorge Benjor.Em 2008, retornou a Warner Chappell e desde lá vem desenvolvendo vários projetos na área de Licenciamento Autoral e novos negócios na editora. Bacharel em Letras pela Uerj em 1998, atualmente cursando pós graduação em marketing,  começou a trabalhar na Warner Chappell, em 2000 como Assistente de copyright. Em 2007 viveu em Londres por 6 meses para aperfeiçoamento dos conhecimentos na área de direito autoral e línguas.

Heloisa Aidar entrou para o mundo da produção musical em 2007, quando assumiu a gerência da carreira da cantora Mariana Aydar, com quem trabalhou até 2010. No mesmo ano foi convidada a fazer a produção do show de lançamento do álbum Efêmera, da cantora Tulipa Ruiz. Ao lado dela, foram 7 anos de parceria, sendo a empresária responsável pela produção pela carreira da artista em todas as suas vertentes. Em 2011, fundou a Pomm_elo, que hoje coordena e faz a curadoria de projetos culturais, como “SouMG”, “Festival de Direitos Humanos 2017”, “Conexões Maloca”, “Plataforma FIG”, “Lançamento Grupo Rumo 2019”, entre muitos outros. Em 2017, Heloisa, ao lado da artista Mariana Aydar e do produtor musical, Márcio Arantes, lançou a BRISA, uma produtora de áudio focada em conteúdo para TV, internet, cinema e publicidade, que já coleciona importantes marcas em seu portfólio, como Schin, Farm, Natura, Facebook, e Brahma. Em 2018 foi convidada a integrar a equipe da multinacional Altafonte, sendo hoje sócia e diretora executiva da Altafonte Music Publishing Brasil, que cuida das obras de importantes autores como Arnaldo Antunes, Letrux, Rubel , Criolo, Lenine, Duda Beat, entre tantos outros. De 2019 a 2020 assumiu, a convite do secretario de cultura da cidade de São Paulo, Alexandre Youssef, a coordenadoria geral da programação e curadoria dos grandes eventos da cidade , promovidos pela Secretaria Municipal de Cultura, sendo a responsável, por exemplo, pela Virada Cultural 2019- o maior festival 24 horas do mundo.

Paula Novo é jornalista, pós-graduada em Jornalismo Cultural pela Uerj e em Comunicação Organizacional Integrada pela ESPM; além de mestranda em Tecnologias de Comunicação e Cultura pela Uerj. Trabalha há quase quinze anos com cultura e há onze anos no Ecad (Escritório Central de Arrecadação e Distribuição), empresa em que atua como coordenadora de Comunicação Corporativa. Vencedora do Prêmio Aberje e do prêmio ibero-americano Fundacom com case de comunicação organizacional.

 

________

QUARTA (21/10): DIVULGAÇÃO (ASSESSORIA DE IMPRENSA & DIGITAL) + PLATAFORMAS DE TRANSMISSÃO ONLINE (*único dia com três painéis)

 

1º PAINEL: 19h às 20h

Mediação: Fabiane Pereira (Papo de Música, Faro e Veja Rio)

Convidados: Laís Sampaio (Casa:Link) e Rubens Amatto (Casa de Francisca)

Laís Sampaio iniciou sua carreira no jornalismo há doze anos mas sua paixão pela música fez com que se dedicasse exclusivamente à produção cultural. Fundadora da ejaòkun produções (plataforma de produção artística com foco em artistas, música e projetos), é booker, manager e dirige o planejamento estratégico e carreira de artistas como Letrux e Marina Lima. Produziu artistas como Arnaldo Antunes, Nação Zumbi, Baby do Brasil, Fafá de Belém, Karina Buhr, entre outros, passando por festivais, dentro e fora do Brasil. Em 2016, produziu e realizou a curadoria artística o palco “Amanhã”, do “Boulevard Olímpico” durante as Olimpíadas Rio 2016. Atualmente participa da realização e curadoria da Casa:Link – Um centro cultural virtual, edificado no ciberespaço, realizado por cinco agências de São Paulo, que abre suas janelas e abas para propostas artísticas diante da nova realidade da pandemia do Covid-19.

Rubens Amatto é diretor, programador e idealizador da Casa de Francisca, um espaço localizado no Centro de São Paulo, fundamental pro fomento da cena artística independente. Nesta pandemia, Rubens criou um projeto de lives musicais dirigidas por cineastas.

 

2º PAINEL: 20h às 21h

Mediação: Daniela Rodrigues (Foco na Missão)

Convidadas: Carol Pascoal (Trovoa Comunicação) e Naila Agostinho (Som Livre)

Daniela Rodrigues é empresária do Rashid e diretora da Foco na Missão Produções e Merchandising, escritório que administra a carreira do músico e sua marca de roupas. Desde 2012, atua como produtora executiva, estando à frente de negociações, planejamentos e divulgação dos trabalhos do rapper. Desenvolveu, ao longo dos anos, estratégias que colocaram Rashid como um dos nomes mais fortalecidos do rap brasileiro, o que ficou comprovado com o disco CRISE (2018) e o mais recente, Tão Real (2020), lançamento multimídia que aliou o conteúdo musical à estratégias inovadoras de marketing. O modelo de negócios da Foco na Missão já foi apresentado em conferências pelo Brasil como Hacktown, Sêla, SIM São Paulo, Encontre-$e e Women’s Music Event. Em 2018, foi indicada como “Empreendedora do Ano” no Women’s Music Event Awards e faz parte do conselho consultivo da SIM São Paulo desde 2019.

Carol Pascoal atua com comunicação no mercado musical há mais de 10 anos. Foi repórter de música em importantes redações do país, como o jornal O Estado de S. Paulo. Estudou Music Business, em Berklee; e RP para entretenimento, na New York University. Hoje, está à frente da sua própria agência, a Trovoa Comunicação, que faz assessoria de imprensa e RP para Emicida (e toda Laboratório Fantasma), Coala Festival, Djonga, Liniker, entre outros nomes da música brasileira.

Naila Agostinho é formada em Comunicação Social pela PUC Rio, trabalhou no Marketing da Sony Music Brasil onde participou do desenvolvimento de estratégias de lançamentos de nomes como Natiruts, Djavan, O Grande Encontro 20 Anos, entre outros. Posteriormente, integrando o time de Vendas Digitais, trabalhou diretamente com o desenvolvimento da marca Filtr Brasil, que é referência em curadoria de playlists no Brasil e no mundo. Atualmente é Account Manager na Som Livre, atendendo diretamente a Deezer Brasil, além de ser responsável pela estratégia de playlists da gravadora.

 

3º PAINEL: 21h às 22h

Mediação: Marcela Maia (Biscoito Fino)

Convidadas: Renata Mader (Altafonte) e Fábio Santana (Deezer)

Marcela Maia é especialista em The Business of Music Marketing pela Berklee Online (Berklee College of Music) e graduada em Cinema e Jornalismo na PUC- RJ, Marcela Maia atua há onze anos no mercado fonográfico e produziu mais de 70 títulos em Cd’s, Dvd’s e Lp’s. Atualmente, gerencia o Departamento de Marketing da Biscoito Fino, gravadora de referência no segmento da MPB. Planeja campanhas e estratégias de lançamento para promover nomes como Chico Buarque, Maria Bethânia, Gal Costa, Mart’nália entre outros.

Renata Mader é a Country Manager a frente da distribuidora Altafonte. São mais de 15 anos no mercado fonográfico. Renata iniciou sua carreira na Biscoito Fino, atuou por três anos com a cena independente na Oi, à frente do selo Oi Música, Oi Novo Som e no lançamento do Oi Rdio – primeiro serviço de streaming a chegar no Brasil). A sua trajetória segue na gravadora Universal Music e, mais recentemente, atuou como consultora na agência de music branding Tecla Music, Prêmio da Música Brasileira e de artistas como Gilberto Gil e dos Titãs. Na sua carreira, já trabalhou com artistas brasileiros como Maria Bethânia, Chico Buarque, Ivete Sangalo e Zeca Pagodinho, entre outros. Na Altafonte, atua no relacionamento, A&R e marketing com os artistas e plataformas digitais. Entusiasta da cena independente, está à frente do planejamento estratégico e lançamento de artistas. Sua paixão pela música e ampla experiência é ferramenta ainda para campanhas de projeção nacional.

Fábio Santana é Editor Global de música na Deezer, responsável pela curadoria de playlists, desenvolvimento de estratégias editoriais e criação de programas originais para o mercado global. Ainda na Deezer, Fábio atuou como Artist Marketing e Label Relations, à frente de projetos especiais de artistas como Emicida, IZA, Raça Negra, Liniker, As Bahias e a Cozinha Mineira e Luan Santana. Na Vevo, liderou a estratégia de conteúdo e comunicação, onde realizou projetos com artistas nacionais e internacionais.

_______

QUINTA (22/10): PATROCÍNIOS & FESTIVAIS

1º PAINEL: 19h às 20h

Mediação: Fabiane Pereira (Papo de Música, Faro e Veja Rio)

Convidadas: Fernanda Paiva (Natura Musical) e Luciana Adão (Oi Futuro)

Fernanda Paiva é Head of Global Cultural Branding, atualmente responsável pela estratégia, inovação e gestão das plataformas de cultura da marca, como o programa Natura Musical e a parceria Natura e Rock in Rio.Formada em Relações Públicas, pela Unesp, com especialização em marketing na USP, desde que assumiu o cargo, contribuiu para a consolidação do Natura Musical como uma das principais iniciativas de valorização da música brasileira da atualidade e implantou nova estratégia de branded experience e branded content. Em 2019, foi responsável pela articulação e coordenação do patrocínio da Natura no Rock in Rio, que envolveu o desenvolvimento de campanhas de comunicação e experiências de marca como “Nave – Nosso Futuro é Agora” e o “Mirante Natura”. Anteriormente, trabalhou na Cinemateca e na Articultura (empresa de Yacoff Sarkovas, hoje Edelman), no desenvolvimento de políticas de patrocínios para grandes empresas, como a Votorantim, e com estratégia para projetos emblemáticos, como o Carnaval do Recife.

Luciana Adão é produtora Cultural graduada pela Universidade Federal Fluminense especialista em Gestão da Cultura e Gerenciamento de Projetos – metodologia PMI. Atua na formulação de parcerias estratégicas e políticas culturais, gestão de equipamentos culturais e desenvolvimento institucional de programas de fomento à cultura. Trabalhou em instituições privadas e públicas e também como produtora autônoma. Atualmente é Coordenadora de Patrocínios Culturais do Oi Futuro. Vive e trabalha no Rio de Janeiro.

 

2º PAINEL: 20h às 21h

Mediação: Ana Morena (DoSol)

Convidadas: Carol Morena (Radioca) e Gabriel Junqueira (Coala)

Ana Morena é produtora, curadora, musicista e sócia e idealizadora do DoSol, combo cultural que completa 20 anos em 2021 e envolve selo, festival, incubadora e vários projetos culturais. Também é baixista do Camarones Orquestra Guitarrística e participa de outras bandas como a Talma&Gadelha, Aiyra e Bandíssima.

Carol Morena é produtora cultural desde 2003, idealizando projetos culturais em João Pessoa (PB), sua cidade natal. Lá, foi sócia fundadora e produtora do Centro Cultural Espaço Mundo e coordenadora geral e curadora do Festival Mundo até 2012. Desde 2010 em Salvador, foi assessora da coordenação de música da Fundação Cultural do estado da Bahia e posteriormente fundou a Tropicasa Produções. Trabalhou como consultora para marcas como Skol, curadoria para o edital Natura Musical 2020 e pros festivais Facom Som (BA), Porto Musical (PE) e seletivas de bandas locais do festival SeRasgum (PA). Administrou projetos de produção de discos de artistas como Lucas Santtana (BA), The Baggios (SE) e Russo Passapusso com Antônio Carlos e Jocafi (BA), além de ser gestora da carreira de Ronei Jorge (BA). É uma das criadoras do Festival Radioca, onde também faz curadoria e coordenação geral e que em 2020 teria sua sexta edição que, por conta da pandemia, deve ser adiada para 2021.

Gabriel Junqueira de Andrade é formado em Administração de Empresas pela FGV-EAESP, é fundador e curador do Coala Festival e também está à frente do Coala.LAB, selo e núcleo de projetos do festival. Antes de se dedicar completamente à música, trabalhou por 6 anos no Facebook Brasil atendendo o mercado de Bens de Consumo.

 

_______

SEXTA (23/10): INTERNACIONALIZAÇÃO & TENDÊNCIAS DO MERCADO DA MÚSICA PÓS PANDEMIA

1º PAINEL: 19h às 20h

Mediação: Fabiane Pereira (Papo de Música, Faro e Veja Rio)

Convidadas: João Severo (Uhuuu Music Management) e Clarissa Motta (Bacana)

João Felipe Severo trabalha no mercado musical há mais de 10 anos. Atuou como promotor, produtor executivo, empresário e gerente internacional de diversos artistas como Casuarina, Nicolas Krassik, Bloco do Sargento Pimenta, Marcos Sacramento entre outros projetos. Há três anos radicado em Nova York, João trabalha no escritório de programação do SummerStage – maior festival de música gratuito de uma das cidades mais cosmopolita do mundo que acontece durante todo verão em diversos parques da cidade tendo seu principal e maior palco no Central Park e colabora com a curadoria do BrasilSummerFest. João também está à frente da Uhuuu! Music Management, agência de circulação e representação musical que explora novos territórios e audiências para artistas brasileiros. Trabalhando principalmente na América do Sul, América do Norte e Europa, o foco da empresa é conectar profissionais ao redor do mundo para realização e promoção de shows, turnês e parcerias com gravadoras, agentes, promotores e imprensa.

Clarissa Mota Trabalhou no marketing cultural da CAIXA durante 5 anos. Atualmente, faz parte da agência Bacana produzindo turnês européias de artistas de diferentes países e estilos musicais e realizando shows em Barcelona, Espanha.

 

2º PAINEL: 20h às 21h

Mediação: Verônica Pessoa (Janela)

Convidados: Juli Baldi (Bananas Music) e Miguel Jost (pesquisador musical)

Verônica Pessoa cria e realiza projetos culturais e pesquisa modelos de negócio no âmbito da cultura, dá mentorias com foco no desenvolvimento de carreira para artistas e consultorias para empresas que investem em música no Brasil. É jornalista, tem Mestrado em Comunicação e Cultura pela USP e estuda Mediação Cultural no Conservatoire National de Arts et Métiers, em Paris (FR). Apresenta o programa de rádio Cenas do Mundo, que leva artistas de diversos países para a Frei Caneca FM. Foi empresária dos artistas Marcelo Jeneci, O Terno, Ana Cañas e Filipe Catto e trabalhou com artistas como Chico César e Arnaldo Antunes, entre outros. Foi uma das responsáveis pelo nascimento da Aceleradora Natura Musical, que trabalha com os projetos patrocinados pela marca.

Juli Baldi é pesquisadora musical e diretora criativa do Bananas Music, empresa de curadoria musical para marcas e do Mapa dos Festivais, buscador de festivais de música. Também atua na consultoria de lineups de festivais para marcas e conferências, residências artísticas e editais e também faz parte do conselho consultivo da SIM São Paulo.

Miguel Jost é professor e pesquisador de políticas culturais, doutor em estudos de literatura e cultura pela PUC-RIO.

 

Para participar da programação da Semana de Imersão na Cadeia Produtiva da Música, clique aqui. 

Escrito por Redação POPLine

Azealia Banks ataca: “Anitta é um lixo”

Compositor da música "Fora do Comum", processa Gusttavo Lima em R$20 milhões por "roubar" sua música . Foto: Divulgação

Compositor da música “Fora do Comum”processa Gusttavo Lima em R$20 milhões por “roubar” sua música