Kanye West lança vídeo de campanha à presidência dos Estados Unidos com foco na família e religião. Foto: Divulgação
Kanye West lança vídeo de campanha à presidência dos Estados Unidos com foco na família e religião. Foto: Divulgação
in ,

“Eu sou o novo Moisés”, diz Kanye West ao declarar que “artistas negros são escravizados”

Kanye disse que seu papel na Terra é o de cura

Desde que se candidatou à presidência dos Estados Unidos, Kanye West tem usado muito Twitter para dar declarações, no mínimo, controversas, a da vez foi que o rapper se intitulou como Moisés e diz que quer salvar os irmãos negros da nefasta indústria da música norte-americana.

“Eu preciso ver os contratos de todos na Universal e Sony. Eu não vou assistir meu povo ser escravizado. Estou colocando minha vida em risco pelo meu povo. A indústria da música e a NBA são navios negreiros modernos. Eu sou o novo Moisés”.

As revelações de Kanye não pararam por aí! Para além de um cantor e compositor, o marido de Kim Kardashian disse que acima de tudo é um servo de Jesus: “Não sou irmão da indústria, não me importo. Estou a serviço de Cristo. Precisamos da cura mundial. Sinto falta dos meus irmãos, me recuso a discutir com homens negros nos rótulos que nós não possuímos, nem mesmo o Twitter“.

Kanye West ainda pediu que as pessoas parem de rotular uns aos outros nas redes sociais:

“Tenho o maior respeito por todos os irmãos, precisamos nos conectar e respeitar uns aos outros. Chega de zombar uns dos outros em rótulos que não pertencemos. Vamos parar de matar uns aos outros, vamos mostrar a Deus que somos o povo de Deus. Meu ego leva o melhor de mim também. Deus não nos mede pelo dinheiro em seu reino, vamos nos amar. Eu amo meus irmãos e sinto falta dos meus amigos”.

Escrito por Helena Marques

“Cantor do Ano”: IZA revela os indicados da primeira categoria do “Prêmio Multishow”

Sandy retoma carreira solo lançando “Estrela”, parceria com Lucas Lima