Foto: César Ovalle
in ,

ENTREVISTA: Vitor Kley promete mostrar sua “melhor versão” em nova fase da carreira

“Inovação” é a palavra que resume a carreira de Vitor Kley em 2021. Ao mesmo tempo em que concorre ao Grammy Latino com o álbum “A Bolha” na categoria “Melhor Álbum POP Contemporâneo em Língua Portuguesa” e se desafia no quadro “Show dos Famosos” do programa Domingão com Huck, o artista também dá início a uma nova fase na música com o single “O Amor Machuca Demais”, lançado nesta quarta-feira (10).

Leia mais:

A nova música deixa de lado o romantismo usual das letras de Kley para expressar como ele estava se sentindo em relação ao amor.

“Eu escrevi ‘O Amor Machuca Demais’ em abril. Pouco antes, meu irmão tinha vivido um relacionamento que não deu certo e ele ficou de um jeito que eu nunca tinha visto, e claro que eu também já sofri por amor, já me machuquei bastante, então eu pensei ‘caraca, que interessante, vou falar sobre isso’. E é engraçado porque ela [a canção] já começou meio que pronta, foi muito rápido pensar ‘parece que eu sou bobo porque eu me ferro, tento de novo e acontece a mesma coisa só que com outra pessoa’ e eu fiquei pensando no tanto de gente que deve viver isso e resolvi me aprofundar mais na música”.

Foto: César Ovalle

Além de uma nova visão acerca do sentimento, o cantor também aprofunda a pegada rock’n’roll que ele vinha trabalhando em outros lançamentos. “Desde o começo eu tive muita influência do rock. Nos bares eu já tocava muito rock com os meninos da banda, então era uma coisa que eu sempre tinha dentro de mim e é claro que com o passar da vida as coisas vão acontecendo e você não consegue ter aquele tempo para falar ‘então agora eu vou fazer isso que eu to afim’, mas agora chegou a hora”. 

No clipe, filmado dentro de uma sala de aula, o artista reuniu nomes da cena que o influenciaram musicalmente: Di Ferrero (NX Zero), Daniel Weksler (NX Zero), Lucas Silveira (Fresno) e MariMoon interpretaram os professores, e a banda Hotelo, Carol Biazin, Gabriel Elias, Elana Dara, Day Limns, Gabriel Gonti e Flav atuaram como seus colegas de classe.

Foto: César Ovalle

“Foi o clipe mais foda que a gente já fez, eu acho incrível a produção, a ideia, o roteiro, o porquê das coisas e ter os artistas ali foi uma ideia que surgiu logo que a gente fez essa levada rock e eles super toparam. É um sonho ter os caras que influenciaram meu novo momento vivendo isso comigo. Acho que esse clipe tem uma mensagem muito maior do que parece, é um menino tímido que vira um rockstar, extravasa e é livre e isso vai se conectar com muitas pessoas, porque quantas vezes a gente quer falar e viver certas coisas mas fica com medo do mundo?”, indagou o artista. 

“O Amor Machuca Demais” foi a primeira composição de Vitor para a nova era e inspirou outras músicas que serão lançadas no futuro. Segundo o cantor, além dos arranjos mais pesados, nós podemos esperar letras completamente diferentes do que estamos acostumados a ouvir em seu repertório – mas ele também deixou claro que não planeja abandonar o “outro astral do Vitor Kley” (definido por ele) marcado pelos sucessos “O Sol” e “Morena”.

“Dessa vez eu estou falando de coisas que eu nunca falei e eu quero mesmo que as pessoas sintam esse contraste e essa diferença. Acontece é que a gente vai vivendo e poder falar sobre o que as pessoas sentem é a coisa mais maravilhosa do mundo”, explicou o artista.

Quando perguntado o que podemos esperar de sua nova fase, Kley foi certeiro: “Essa nova fase tem muita energia” e para confirmar que seus fãs também vão sentir isso, o cantor está ansioso para a sua volta aos palcos, que acontece neste fim de semana.

“Eu tenho certeza que quem ouvir a música vai querer ser transportado para o show, porque a energia da gravação está passando isso. Você escuta isso e fala ‘caraca, que vontade de estar em um show batendo cabeça’ e isso é muito bom. Mas eu estou curioso para ver a reação real das pessoas, às vezes eu estou aqui viajando”, brincou o cantor.

Foto: César Ovalle

Para encerrar a entrevista ao POPline, Vitor deixou um recado aos fãs da cantora Marília Mendonça, que faleceu em um acidente de avião na última sexta-feira (05), e aos seus fãs:

“Eu queria mandar muita força para a família, amigos, fãs e principalmente para o filho da Marília Mendonça. Ela era uma pessoa 100% do bem, 100% maravilhosa, fazia tudo de um jeito tão incrível e verdadeiro, então eu queria muito mandar a minha força para eles e dizer que estou rezando toda a noite. É uma coisa que dói muito, mas agora fica a lembrança de todas as coisas maravilhosas que ela fez e que marcaram tanta gente. E queria dizer para os meus fãs que eu amo para caramba eles e que a vida é um sopro, então que a gente viva pensando mais nas coisas boas, sem querer se diminuir ou diminuir o outro e dizer que eles podem esperar a melhor versão de mim nessa volta aos palcos”.

 

Escrito por Luíza Tozzato

Demi Lovato revela que “absolutamente” namoraria um extraterrestre

John Taylor detalha novo álbum do Duran Duran e reconhece sucesso de “A Matter of Feeling” no Brasil