Connect with us

Ellie Goulding

Entrevista: Conversamos com Ellie Goulding sobre o “Brightest Blue”, colaborações femininas e músicas descartadas

Às vésperas do lançamento de seu novo álbum, o “Brightest Blue”, Ellie Goulding falou sobre o projeto e o se desejo de colaborar mais com mulheres.

Published

on

Além de todo o seu talento como cantora e compositora, Ellie Goulding é também só simpatia e depois de aparecer na nossa série de entrevistas no Instagram, agora batemos um papo com ela diretamente em uma vídeo chamada para falarmos sobre seu novo álbum, o “Brightest Blue”, que será lançado nesta sexta-feira (17).

Ellie Goulding Brightest Blue promo

Foto: Divulgação

E logo após os cumprimentos habituais, Ellie Goulding já vai demonstrando toda sua animação com a chegada de seu novo álbum para o público. “Eu estou muito animada e muito feliz para as pessoas ouvirem as novas músicas”, afirmou a cantora no início de nossa conversa.

A partir daí, o assunto “Brightest Blue” dominou nosso papo.

Você já lançou algumas das músicas do álbum, mas o que os fãs podem esperar do trabalho como um todo do “Brightest Blue”?
Eu acho que o tema recorrente é a honestidade sobre quem eu sou, confrontando meus medos, confrontando quem eu sou como uma pessoa, como uma mulher e há umas duas músicas que se relacionam com antigos assuntos sobre estar em um relacionamento tóxico.. Eu acho que é o que eu faço de melhor, eu acho que essas são as melhores músicas, quando escrevo sobre homens tóxicos, sem ofensas (risos). Eu acho que pra mim tem essa etereidade natural, não sei, conecta-se com meu amor pela natureza e minha voz e minhas influências, eu acho que tem alguns sons que eu sempre amei e que ressoam em mim.. E eu acho que ainda soa como eu, mas eu estava tentando alavancar a música Pop, então espero que isso seja o que esse álbum pareça.

Você tem uma faixa favorita no “Brightest Blue”?
Eu acho que é “New Heights”, porque apenas amo, é como uma valsa, eu amo cantá-la e é bem direto ao ponto, eu amo o significado dela de alcançar essa elevação, amar você mesmo e estar em um ótimo lugar.

Nesse momento, aproveito para deixar a minha opinião de música favorita, que é “How Deep is Too Deep”, sem nem mesmo saber que nossa conversa já levaria para uma sugestão de videoclipe onde a pessoa “dança com raiva em uma boate”. Aqui esse entrevistador que vos escreve tenta fazer uma graça e pelo menos as risadas foram garantidas…

Bom, eu tenho que te dizer… Sua gravadora me mandou o álbum, pra eu poder ouvir, e eu tenho que dizer que minha favorita é “How Deep is Too Deep”, eu amo essa música! E eu estou na torcida que você lance um clipe, um ótimo clipe, porque é uma ótima música, realmente incrível!
Se eles me deixarem, eu adoraria fazer um clipe para ela! Eu acho que seria um ótimo clipe! O que você acha que eu deveria fazer para ele?

Ah, eu não sei! Ela tem uma vibe meio “dançando com raiva”, sabe? Como se você tivesse na boate e tal… A letra da música ressoa comigo. É uma música realmente muito boa!
Muito obrigada! Você é muito gentil!

Em um assunto um pouco diferente, relembro que Ellie Goulding está há quase um ano oficialmente casada e questiono se essa nova fase de sua vida influenciou o “Brightest Blue” em alguma forma.

“Tem sido legal! Tem sido ótimo! Nada diferente de antes… Tem sido divertido estar em lockdown juntos. Temos feito muitas caminhadas, assistido muitos filmes. Ele tem comido muito dos bolos que eu faço. É, tem sido divertido! Muito tranquilo, muito tranquilo”, afirma a cantora.

E essa vida casada influenciou ou inspirou em alguma maneira o Brightest Blue?
Na verdade não! Porque eu escrevi a maior parte dele antes de estar casada, sabe? Talvez esse seja o próximo álbum!

Com várias colaborações de sucesso em seu repertório e várias presentes no “Brightest Blue”, Ellie Goulding tem apenas uma parceria com uma artista mulher: com Iggy Azalea (que ela nem lembrava, por já fazer tanto tempo). O assunto, claro, foi abordado e eu questiono se há uma maior dificuldade para ela colaborar com outras mulheres. Rapidamente, o nome de Rosalía aparece como um grande desejo de colaboração da britânica.

“Quer saber, é engraçado você falar sobre isso porque no momento eu me sinto com muita vontade de fazer mais colaborações com mulheres. Eu não acho que realmente eu tenha feito uma…”, afirmou Ellie.

Eu acho que com Iggy Azalea…
Ah sim! Há muito tempo, há muito tempo, meu Deus!

Sim, há muito tempo!
Sim, eu acho que preciso [fazer mais colaborações com mulheres]. Há várias mulheres que eu adoraria colaborar, eu não sei se elas colaborariam comigo, mas… Christine and the Queen, eu amo. Caroline Polachek, ela é incrível. Rosalía.. Eu não sei. Rosalía eu adoraria fazer uma música com ela, eu acho que nossas vozes seriam ótimas juntas.

Eu sei que nós todos estamos vivendo um momento diferente, com essa crise pandêmica e tudo mais, mas você tem alguma ideia ou algum plano de quando você voltará a fazer turnê?
Não, eu não tenho ideia alguma. Quero dizer, eu tenho uma turnê aqui no Reino Unido ano que vem, mas além disso, eu não sei. Eu espero que seja em breve, mas de qualquer forma será muito diferente, eu não sei exatamente como, mas acho que a gente vai ter que realmente se adaptar.. Sabe, são tempos de mudanças. Quando eu realmente sair em turnê, eu terei certeza que seja o mais amigável ao meio ambiente possível, eu tenho que tentar pensar em algo sobre isso também.

Entre o início dos trabalhos e o lançamento final, foram cerca de três anos para o “Brightest Blue” ver a luz do dia e os fãs de Ellie Goulding sabem que ela tem várias músicas que não entraram na tracklist final do álbum. Mas calma, ela pensa sim em algum dia lançá-las.

“Há algumas músicas que não entraram no álbum, mas eu não queria que ele ficasse muito longo. Mas eu talvez as lance como faixas bônus em algum momento, porque eu adoraria que as pessoas ouvissem elas”, afirmou a cantora.

Para encerrar esse ótimo bate-papo com Ellie Goulding, claro que não posso deixar de pedir aquele recadinho mais do que especial para os fãs brasileiros, que esperam ansiosamente por um retorno da cantora ao nosso país para mais shows.

“Olá para todos os meus incríveis fãs brasileiros, eu sinto muita saudade de vocês todos e eu espero voltar aí no próximo ano, eu não acho que poderei ir neste ano, mas eu tenho quase certeza que eu os verei em algum momento no ano que vem, então espero que vocês estejam lá, esperando por mim. E espero que vocês curtam o novo álbum e espero que eu possa cantar as músicas pra vocês em pessoa. Eu amo muito vocês, obrigada por todo o apoio. Obrigada, obrigada!”

HojeTemLive.com.br




Ranking