in ,

Entrevista: Alejandro Sanz anuncia dueto com Camila Cabello para o próximo álbum e fala das participações no especial de Roberto Carlos e no show Live Experience de Ivete!

Alejandro Sanz canta ao vivo pela primeira vez o seu novo single, “No Tengo Nada” no especial de Roberto Carlos. Foto: Divulgação

Alejandro Sanz está no Brasil para uma agenda bem movimentada! O cantor espanhol além de participar da gravação do especial de Roberto Carlos e dividir os vocais com o rei na canção “Esa Mujer”, fez a primeira apresentação ao vivo do seu novo single “No Tengo Nada” em um momento emocionante onde realizou o sonho de performar ao lado do seu ídolo. O POPline conversou com o cantor espanhol nos bastidores do show do rei e Alejandro pôde esbanjar o seu charme e bom humor espanhol que o tornou um dos mais importantes cantores em língua espanhola do mundo. Sanz deu detalhes sobre o novo álbum, chamado “El Disco”, que será lançado em 2019, revelou que fará um dueto com Camila Cabello e ainda falou sobre a sua participação no show Live Experience, de Ivete Sangalo no próximo sábado, (08), em São Paulo.

Em 2015, quando Roberto Carlos foi homenageado como “A Pessoa do Ano” no Grammy Latino, você cantou “Lady Laura” em sua homenagem e disse que um dos seus maiores sonhos era cantar ao lado do rei. Como é para você transformar esse grande sonho em realidade?

Roberto Carlos é como o natal. Ele está conosco durante toda a vida e nos oferece uma vibração muito especial. É um lord, no sentido mais amplo da palavra, maravilhoso! Para mim cantar com ele é um sonho transformado em realidade. Ele me convidou quando foi a pessoa do ano no Grammy Latino e me disse: ‘Faço um show especial todos os anos no Brasil’. E eu disse: ‘Eu sei’, (risos). Então ele me convidou para cantar e disse que quando lançasse um novo disco, que eu poderia ir ao Brasil para cantar com ele no especial. A música que cantamos, “Esa Mujer”, é como se fosse uma conversa entre dois amigos. É como se um tivesse tentando consolar o outro que está muito triste porque perdeu a mulher, mas não quer esquecê-la. E eu digo: ‘Roberto, esquece logo essa mulher porque você está perdendo o tempo e comece a escrever músicas’ (risos).

Além de cantar com o rei você também vai fazer a primeira apresentação ao vivo do seu novo single “No Tengo Nada”, como foi o processo de composição da música?

A minha novo canção, “No Tengo Nada”, fala um pouco sobre como queremos comprar a felicidade adquirindo coisas. Quis falar que na prática a única coisa que somos realmente donos são dos nossos sentimentos. Refleti também nessa música que ficamos tanto tempo conectados uns com os outros pelos celulares, mas será que realmente abraçamos as nossas pessoas queridas como fazemos com os nossos aparelhos? Ela tem um pouco da música “Se Vende” do CD La Música No Se Toca”.

Essa é a primeira música de trabalho do seu novo CD, “El Disco”, o que podemos esperar desse álbum?

“El Disco” tem muitas coisas. É um disco muito eclético, tanto que só tem duas baladas. Há grandes influências de músicas italianas, cubanas, porque também tenho raízes cubanas… Claro que também terá a minha parte flamenca, que sempre aparece. Bem, vai ser lançado ano que vem, tem uma música com Camila Cabello mais dançante, mas não quero falar muitos detalhes, o resto vocês descobrem (risos)”!

Você mais uma vez participará de um DVD de Ivete Sangalo gravado no Brasil e já fez vários duetos com ela. Como vai ser esse reencontro?

Ivete me encanta, é divina. É uma mulher muito carinhosa. Eu a conhecei em um Rock in Rio em Portugal. Nesse dia cantavam Sting, Alicia Keys, Ivete e eu. E ela foi tão carinhosa comigo. Chegou falando de várias músicas minhas. E eu me perguntando: ‘Como ela conhece as minhas músicas?’. Ela para mim é uma supermulher.

Você escolheu o repertório que cantará ao lado dela?

Não, claro que não. Eu a deixei escolher a música que vamos cantar. Ela é mulher. Você acha que iria decidir algo? (risos). Ela disse: ‘Vamos cantar “Quisiera Ser’. E eu: ‘Sim, claro’. Mas com Roberto tivemos que discutir porque somos homens, brincadeira (risos)! Venho aqui de convidado e canto com todo o meu coração o que ele quiser.

Na sua última turnê do álbum “Sirope” em 2015 não tivemos um show no Brasil. Agora com o novo disco finalmente após 6 anos do seu último show te veremos com um espetáculo aqui?

Como na turnê do meu álbum anterior, Sirope, não estivemos aqui, nesta turnê queremos muito vir. Por isso estamos aqui para cantar com Roberto Carlos e Ivete Sangalo. Estamos preparando algumas surpresas para o público brasileiro. Aguardem! Já estava com muita saudade de fazer shows no Brasil e da minha gente daqui!

Quando se fala em Brasil, o que vem na sua mente?

Quando penso no Brasil só me vem recordações bonitas. Lembro da primeira vez que participei de uma novela (risos) e música, sobretudo. Só a palavra Brasil, pra mim, já é musical. Tenho muitos amigos aqui e outros que são daqui, mas estão na Europa trabalhando como os jogadores de futebol Dani Alves e Neymar. Tudo que me vem em mente sobre o Brasil é sempre positivo!

Escrito por Helena Marques

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adam Levine se envolve em polêmica por desprezar participante de sua própria equipe do The Voice

“Gods And Monsters”, da Lana Del Rey, é excluída das plataformas digitais “por escolha própria” da cantora