in

Em entrevista para a Rolling Stone, Normani fala sobre seu “papel” no Fifth Harmony

Cada dia que passa, mais as meninas que integravam o grupo Fifth Harmony chegam mais perto do lançamento de seus projetos solo. E nesse caminho, elas concedem entrevistas para vários veículos falando sobre o que vem por aí, mas também revelando detalhes sobre seu período no grupo que as revelou.

Depois de Dinah Jane revelar que foi forçada a não trabalhar com toda a sua capacidade artística nos dias de Fifth Harmony, agora é a vez de Normani falar mais sobre esses dias do passado.

Perguntada sobre como era a sua “persona” no Fifth Harmony, Normani respondeu: “Eu era a performer [que canta e dança]. Eu queria ser como o Michael Jackson era, como Beyoncé. Britney. Eu queria – e quero – ser como Janet Jackson.”

“Eu acho que era esse mais ou menos meu papel no Fifth Harmony. Ser a entertainer”, concluiu Normani.

Falando sobre seu projeto solo, Normani confirmou estar fazendo um trabalho pensando nas mulheres e escrevendo músicas que todas elas possam se relacionar. “A coisa mais importante para mim durante o processo do álbum foi ter certeza que eu estava fazendo um trabalho que as mulheres genuinamente poderão se conectar. Eu quero que as mulheres realmente ouçam [elas mesmas] em minhas músicas”, explicou.

Escrito por Kavad Medeiros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OMG: Noah Cyrus anuncia a venda de suas lágrimas por mais de 10 mil dólares

“Remedy”: Novo single de Alesso entra para o Top 50 Global do Spotify