in ,

Eddie Van Halen deixa 1 milhão de dólares para instituição de caridade

Lendário guitarrista realizou a doação para a Holland’s Opus Foundation

Foto: Rick Scuteri/AP

O lendário guitarrista Eddie Van Halen, que faleceu no ano de 2020, deixou em seu testamento aproximadamente 1 milhão de dólares para uma instituição de caridade que ajuda na educação musical de crianças carentes.

Leia mais: 

Eddie realizou uma doação para a Holland’s Opus Foundation, uma organização localizada em Los Angeles, Califórnia, que ajuda crianças em idade escolar de baixa renda a ter acesso a uma educação musical de qualidade. A instituição fornece instrumentos musicais e aulas de música.

Foto: divulgação
Foto: divulgação

A Holland’s Opus Foundation nasceu em 1996 a partir do aclamado filme “Mr. Holland – Adorável Professor”, de 1995. No enredo protagonizado por Richard Dreyfuss, um jovem compositor decide dar aulas de música e a partir daí, cria relações e vínculos transformadores na sala de aula.

Assim, Michael Kamen, musicista responsável pela escrita da trilha sonora do filme, iniciou a fundação, inspirado pela obra, como forma de assumir seu compromisso com o futuro da educação musical.

A CEO da MHOF, Felice Mancini, disse em comunicado:

O apoio e amizade de Eddie ao longo dos anos significou o mundo para nós e para seus fãs. Sua paixão pela música e nosso trabalho criou um forte vínculo, que é evidente em seu extraordinário legado” Ela acrescenta: “Saber o quanto nossa fundação significou para Eddie é intensamente gratificante para todos nós – e sabemos que a família de Eddie está confiante de que seu poderoso legado e valores vivem através de nossos esforços.

Músico já apoiava o projeto em vida

No ano de 2012, Van Halen realizou uma grande doação para ajudar a MHOF, contribuindo com nada mais nada menos que 75 guitarras de sua coleção pessoal.

Já em 2020, Eddie foi vítima de um derrame cerebral e aos 65 anos, faleceu. Em seu testamento foi encontrado o desejo de doar 1 milhão de dólares de seu patrimônio à organização Holland’s Opus Foundation, tal como fazia durante a vida.

Além disso, ciente das estimas que o artista possuía pela instituição de caridade, Wolfgang Van Halen, filho do artista, decidiu doar os lucros da venda de “Distnce”, seu single solo de estreia para a Holland’s Opus Foundation e prometeu manter vivo o vínculo que Eddie tinha com o projeto.

Foto: Chris McKay/Getty Images

Escrito por Magda Pinheiro

Harry Styles lembra sobre vida sexual: “eu me sentia tão envergonhado com isso”

Álbum da Katy Perry pode estar pronto com pegada “Teenage Dream”