Foto: Getty Images - Uso autorizado POPline
in ,

Ed Sheeran trabalha com produtor de Taylor Swift para novo álbum

Cantor já escreveu 25 músicas para seu novo projeto.

Em meio a uma disputa judicial sobre a acusação de plágio em “Shape of You”, Ed Sheeran parece que não descansa e revelou já estar trabalhando em um novo álbum, dessa vez com um produtor de Taylor Swift.

Foto: Trae Patton/NBC

Leia mais:

A novidade foi revelada pelo próprio cantor, durante sua audiência no caso de acusação de plágio em “Shape of You”, atualmente acontecendo nos tribunais britânicos. Durante o interrogatório, sob juramento, Ed Sheeran afirmou que trabalhou com Aaron Dessner, compositor e produtor que trabalhou com Taylor Swift no álbum “folklore”.

Segundo Ed Sheeran, ele e Aaron Dessner escreveram 25 novas músicas em um intervalo de uma semana.

Vale lembrar que o mais recente álbum do cantor britânico, o “=”, foi lançado há pouco tempo, em outubro de 2021.

Ed Sheeran compra terras para tentar reconstruir o Reino Unido

Foto: Dan Martensen

Ed Sheeran é um dos músicos mais influentes do mundo e um dos maiores sucessos britânicos. O artista revelou que firmou um compromisso pessoal com a reconstrução ambiental do Reino Unido.

Em entrevista à Radio BBC de Londres (Via NME), o cantor contou que está adquirindo lotes de terras em todo o país a fim de tornar o meio ambiente mais sustentável com o plantio de novas árvores.

“Estou tentando comprar o máximo de terra possível e plantar o máximo de árvores possível. Estou tentando reconquistar o Reino Unido o máximo que posso. Eu amo meu condado e amo a vida selvagem e o meio ambiente.

O astro ainda disse que tem medo de tocar no assunto. “Sinto que vou ter a minha cabeça arrancada sempre que digo isso, visto que o meu trabalho não é extremamente sustentável quando vou brincar nas cidades, mas estou a dar o meu melhor”, disse Sheeran.

Escrito por Kavad Medeiros

Arthur lembra de traições: “Não existia responsabilidade afetiva em mim”

BBB22: Após paredão, Jessi e Natália voltam a brigar: “Hipócrita”