banner com link para rádio globo
Foto: @dudabeat (Twitter)
in ,

Duda Beat se transforma em “Eduarda Batidas” no divertido clipe de “Dar uma Deitchada”

Vídeo foi lançado neste sábado (12)

O clipe de “Dar uma Deitchada“, single lançado por Duda Beat em fevereiro, chegou ao YouTube neste sábado (12).

Leia mais: 

Foto: @dudabeat (Instagram)

No vídeo dirigido por Gabriel Dietrich, responsável pela codireção do álbum “GRACINHA”, de Manu Gavassi, a cantora explora o prazer feminino em meio a cores vibrantes e visuais retrôs. Duda também interpreta personagens, como a “Eduarda Batidas“, e faz movimentos que dialogam com o TikTok.

O trabalho visual chega ao público não só mostrando uma Duda sensual e dançante, mas também abusando de incríveis referências do pop dos anos 90 e dos programas da TV brasileira. Gabriel comentou um pouco do conceito do novo videoclipe da artista.

“Quando li a letra de ‘Dar uma Deitchada’, realmente percebi quão contemporânea ela é, pois reflete como as pessoas estão se sentindo agora. Para o clipe, trouxemos essa vontade de mostrar duas versões da Duda: A poderosa e arrumada e a que está cansada, mas ainda gostosa. Também trouxemos referências de programas da antiga MTV, cores fortes e tudo muito retrô. É um clipe bem gostoso de assistir e ainda finalizamos com uma surpresa especial para o público”.

Confira:

Coreografia

Para dar mais energia, a coreografia do clipe é assinada por Flávio Verne, responsável também por passos memoráveis de Luísa Sonza e Pablo Vittar. O clipe promete agitar os fãs e promover desafios musicais e de dança.

“Mantendo em alta as influências sonoras de seu último lançamento, a canção é capaz de traduzir a energia de uma mulher com amor-próprio elevado e que se sinta gostosa. Duda revela que consegue se encaixar em duas versões, a gostosa e a cansada“, diz Verne sobre o trabalho.

Escrito por Douglas Françoza

VOTE: Qual brother será indicado por Lucas no 8º paredão do BBB22?

Katy Perry provoca ao cantar “Dark Horse”: “tenha certeza antes de me levar ao tribunal”