clipe novo
Foto: Fernando Tomaz
in ,

Duda Beat está vingativa e sombria no clipe “Nem Um Pouquinho”

Assista!

Neste quarta-feira (30) teve o lançamento do novo clipe de Duda Beat, dessa vez para a faixa “Nem Um Pouquinho“. Nesse projeto, o álbum “Te amo lá fora“, ela disse que mostraria o amor de várias formas. Dessa vez, veio um lado mais vingativo e sombrio. Para representar esses sentimentos, veio um clipe construído na história de uma heroína, algo cinematográfico.

clipe novo
Foto: Fernando Tomaz

Cada música funciona como o capítulo de um livro. Se em ‘Meu Pisêro’ essa mulher sofria, mas perdoava e seguia adiante, ela já mostra uma outra faceta em ‘Nem Um Pouquinho’. O que acho muito legal e verdadeiro nisso é que a gente vive as relações de maneiras diferentes mesmo. Então, é muito real para mim que agora haja um amargor, uma coisa mais sombria, que leva essa heroína por caminhos mais dramáticos até que ela se liberte”, explica a pernambucana.

Ela ainda dá uma lição: “Dor de amor machuca, mas também faz a gente crescer, amadurecer e mudar”.

A trama mostra uma heroína que é capaz de se transmutar em várias personas e isso tem um significado. “Se apaixonar é uma delícia, mas nem sempre traz coisas boas. Nesse clipe, falamos de como podemos nos perder de nós mesmas e como pode ser difícil se reencontrar. Mas, ao mesmo tempo, se reconectar consigo mesma é um processo catártico e de renascimento, é se tornar dona de si e se emancipar. Tudo ao mesmo tempo”, reflete.

O clipe de “Nem Um Pouquinho” tem a direção assinada pela dupla Alaska, formada por Gustavo Moraes e Marco Lafer. A vontade de colaborar com eles era um sonho antigo de Duda: “Admiro muito o trabalho dos meninos e já tínhamos um namoro antigo (risos). Dessa vezes, concretizamos essa relação. Eles contribuíram muito para dar vida a essa história cantada por mim e por Trevo que constrói um universo paralelo com seres fantásticos e ao mesmo tempo elabora sobre sentimentos tão reais”, afirmou.

Assista ao novo clipe da Duda Beat:

LETRA

O quê?
Sei que você não vale nem um pouquinho
Mas mesmo assim, quero te dar o meu carinho
Para poder até que enfim satisfazer
A nossa solidão
Sem se envolver
Já é um pouco complicado
Tô pra conhecer
Alguém que compre esse ditado
Ou será que era só eu
Ou será que era só eu
Que pensava errado

A gente dançava junto
A gente comia junto
A gente falava tudo
Era tudo junto

Quando eu vi eu fui piada
Você ria e eu chorava
Você só me esnobava
E não deu em nada

O quê?
Sei que você não vale nem um pouquinho
Mas mesmo assim, quero te dar o meu carinho
Para poder até que enfim satisfazer (2x)

Sei que cê é joia falsa
Quica brilhando no baile
É tanta iluminância
Que eu nem tô ligando se é de verdade

Cê não vale a passagem
Então eu tô indo de bike
Perco até o meu rumo quando cê me liga falando bobagem

Mas você me pisa e me faz de trampolim (2x)
Sobe a minha cabeça (ui) e cai nimim (2x)

O quê?
Sei que você não vale nem um pouquinho
Mas mesmo assim quero te dar o meu carinho
Para poder até que enfim satisfazer (2x)

O quê?
Sei que você não vale nem um pouquinho
Mas mesmo assim, quero te dar o meu carinho
Para poder até que enfim satisfazer
A nossa solidão

Escrito por Caian Nunes

Além da música: Saiba o emprego de Camilly Victoria nos EUA

Gil do Vigor promete processar haters homofóbicos: “É crime”