Foto: Getty Images
in ,

Dior adia campanha com Travis Scott por respeito às vitimas do festival Astroworld

A ação ficará para outro momento.

A carreira de Travis Scott segue sendo afetada pela tragédia que aconteceu durante seu show, em seu próprio festival (Astroworld), que aconteceu em novembro em Houston. Além de centenas de feridos, 10 vítimas fatais foram identificadas. Além de cancelamento de shows, ele teve sua campanha com a marca de luxo Dior adiada.

A decisão da equipe da Dior aconteceu por respeito às vítimas. “Em respeito a todos os afetados pelos trágicos eventos em Astroworld, a Dior decidiu adiar indefinidamente o lançamento de produtos da colaboração Cactus Jack originalmente destinados a serem incluídos em sua coleção de verão 2022“, disse representante da marca em um comunicado ao Women’s Wear Daily .

Foto: Getty Images

Leia Mais:

Apesar do adiamento, a ideia não foi cancelada. Ambas as partes estão trabalhando para que a campanha aconteça em um outro momento. “Esta foi uma decisão mútua feita por Dior e Travis Scott de adiar a próxima coleção prevista para janeiro de 22 com ambas as partes trabalhando para reagendar o lançamento em uma data posterior“, disse uma fonte próxima.

O projeto já estava em fase avançada de criação, mas teve que ser interrompido. Definitivamente, não é o melhor momento.

Mais sobre o caso Travis Scott

As mortes aconteceram após um tumulto generalizado na multidão do show, que correu descontroladamente para a frente do palco. Isso causou um caos imenso, provocando ferimentos, pisoteamento, paradas cardíacas e respiratórias. Dez delas foram fatais.

Madeline Eskins, uma enfermeira que estava na plateia, contou o que viu: “desmaiei porque as pessoas estavam me empurrando tanto que eu não conseguia respirar”, falou ela, continuando a explicar que seu namorado conseguiu fazer com que as pessoas ao seu redor a segurassem para onde os seguranças pudessem proporcionar ajuda.

Nick Johnson e Angel Rodriguez, outros que estavam no show, relataram ao CNN que não conseguiam respirar. “Foi tão difícil mover os braços e tão difícil respirar, eu estava lá entrando empurrar quem estava na minha frente, apenas para tentar respirar, apenas para respirar“, lembrou o momento de desespero.

As pessoas que morreram foram identificadas e todas eram jovens, incluindo crianças e adolescentes: Ezra Blount, 9 anos; Jacob Jurinek, 21; John Hilgert, 14; Brianna Rodriguez, 16; Franco Patiño, 21; Axel Acosta, 21; Rudy Peña, 23; Madison Dubiski, 23; Danish Baig, 27; e Bharti Shahani, 22.

Escrito por Caian Nunes

Eternos: foto revela cena deletada com Harry Styles

Eternos: saiba como é o final original que foi cortado do filme!

Juliette mostra versão acústica de "Sei Lá" em vídeo

Juliette faz retrospectiva com momentos na web que marcaram seu 2021