in

Crítico musical Mauro Ferreira perfila 35 cantoras brasileiras em novo livro

O lançamento está previsto para o segundo semestre, mas pode ser antecipado por financiamento coletivo

Mauro Ferreira | Foto: Divulgação

País fértil na geração de grandes cantoras, tradição iniciada na década de 1930 que persiste nos presentes anos, o Brasil conhece o poder da voz de uma mulher. É sobre esse poder feminino que o jornalista e crítico musical Mauro Ferreira discorre nas páginas do livro “Cantadas – Ensaios sobre 35 grandes vozes de mulheres da música brasileira”, perfilando cantoras do Brasil em textos inéditos que combinam informação e análise sobre as trajetórias dessas artistas. O prefácio será assinado pelo DJ Zé Pedro.

Leia mais:

O lançamento está previsto para o segundo semestre, mas pode ser adiantado de acordo com o resultado da a campanha de financiamento coletivo que está sendo coordenada pela editora Garota FM Books na plataforma do Catarse. Lá, além do próprio livro, há recompensas como camiseta, bolsa, outros livros.

Capa do livro “Cantadas” de Mauro Ferreira | Foto: Divulgação

O fato de serem 35 cantoras, e não 30 ou 40, alude ao fato de o autor estar completando em 2022 nada menos do que 35 anos de ininterrupta atividade como crítico musical. Essa trajetória tem sido pautada desde o início pela paixão do jornalista por cantoras, embora Mauro Ferreira sempre tenha escrito com igual assiduidade sobre cantores, bandas, duplas e instrumentistas ao longo da carreira.

“Sempre fui identificado com as cantoras no jornalismo musical. Como consequência, eu acabei formando nas redes sociais, e mesmo antes das redes, uma base grande e fiel de leitores também movidos pela paixão por vozes femininas”, ressalta Mauro Ferreira.

E completa: “O livro Cantadas é a celebração da arte e das vozes dessas 35 cantoras que provocam essas paixões e geram discussões entre o público do Brasil. É uma celebração que se estende a muitas outras cantoras nacionais que, por questão de espaço ou de critério, ficaram fora do livro, mas são importantes na música do Brasil e na minha vida profissional”.

Sobre o livro

A seleção das 35 cantoras traz desde divas projetadas nos anos 1960, como Elza Soares, Gal Costa e Maria Bethânia, até vozes sobressalentes no universo pop brasileiro a partir dos anos 2010, casos de Anitta, Ludmilla e Marília Mendonça. Em comum, todas as 35 cantoras têm o fato de terem estado atuantes entre 1987, ano em que Mauro iniciou sua trajetória no jornalismo, e 2022. São elas:

Adriana Calcanhotto, Alaíde Costa, Alcione, Ana Carolina, Angela Ro Ro, Anitta, Beth Carvalho (1946 – 2019), Cássia Eller (1962 – 2001), Cida Moreira, Daniela Mercury, Elba Ramalho, Elza Soares (1930 – 2022), Fafá de Belém, Fernanda Abreu, Gal Costa, Joyce Moreno, Leny Andrade, Ludmilla, Margareth Menezes, Maria Bethânia, Maria Gadú, Maria Rita, Marília Mendonça (1995 – 2021), Marina Lima, Marisa Monte, Mart’nália, Nana Caymmi, Rita Lee, Roberta Sá, Sandra de Sá, Simone, Teresa Cristina, Vanessa da Mata, Zélia Duncan e Zizi Possi.

Vale destacar que o livro “Cantadas – Ensaios sobre 35 grandes vozes de mulheres da música brasileira” descende de outro projeto do autor, “Cantadas – A sedução da voz feminina em 25 anos de jornalismo musical” (2013), mas não se trata de uma edição revista e ampliada. O atual livro é inédito, com eventuais reproduções de um ou outro parágrafo do anterior. O que permanece igual é a paixão do autor pelas cantoras do Brasil.

Escrito por Rafa Ventura

Lina celebra torcidas de Juliette e Susana Vieira: “O Brasil me ama”

Criador de "Emily in Paris" confirma retorno de personagem

Criador de “Emily in Paris” confirma retorno de personagem