China derruba conteúdos online de Kris Wu após prisão por estupro. (Foto: Reprodução Internet)
in ,

China derruba conteúdos online de Kris Wu após prisão por estupro

Ex-integrante do EXO foi detido no final de julho

Foi reportado nesta quarta-feira (18) que todos os conteúdos online de Kris Wu foram derrubados na China. O artista, que ganhou fama por debutar com o EXO, está preso desde o final de julho após ser acusado de estupro por várias jovens — incluindo menores de idade.

(Foto: Reprodução Internet)

De acordo com o site Koreaboo, a Associação de Serviços de Netcasting da China anunciou que mais de 1,9 milhão de vídeos curtos e mais de 7 mil trechos de Kris Wu em filmes e dramas foram removidos das plataformas Youku, iQiyi e Tencent. Além disso, a conta do artista no blog Weibo também foi suspensa, bem como a de sua própria companhia (Kris Wu Studio).

De acordo com os dados que nossos membros nos enviaram, até 17 de agosto, 10 da manhã, 1,9 milhões de clipes curtos e 7.000 espetáculos foram excluídos. Atualmente, o trabalho de revisão e tomada de medidas em shows relacionados ainda está em andamento“, diz um comunicado da Associação de Serviços de Netcasting da China.

O caso de Kris Wu também ganhou repercussão mundial e reflete em uma “mudança no tratamento dado pelo China aos casos de violência sexual na indústria do entretenimento“. Isso porque, na maioria dos casos de escândalos de agressão sexual envolvendo celebridades chinesas raramente são resolvidos rapidamente.

Relembre o caso

No início de julho a estudante Du Meizhu, de 19 anos, afirmou ter sido alcoolizada e estuprada Kris Wu quando tinha 17 anos durante uma festa. Segundo ela, o artista seduziu diversas vítimas com álcool e promessas de fama.

Depois dela, uma jovem nos Estados Unidos ainda declarou que Kris Wu “selecionava concubinas” entre estudantes internacionais para suas festas privadas. Ela afirma ter comparecido a uma reunião na qual todas as mulheres tiveram que entregar seus telefones celulares para evitar que fotos e vídeos fossem tiradas. Ela ainda confessou ter ficado inconsciente, se dando conta de que tinha tido relações sexuais com Kris Wu ao acordar.

Leia mais:

Quando tudo veio à tona, o artista negou as acusações através de uma publicação no Weibo: “Eu não respondi antes porque não queria interromper o processo legal, mas não imaginava que meu silêncio aceleraria este rumor. Não posso mais suportar isso. Cheguei a um ponto que não posso mais aguentar as pessoas criando rumores”.

“Nada de sedução para o sexo! Nada de drogar para estuprar! Sem menores de idade! […] Eu apenas encontrei a senhorita Du uma vez, em uma reunião de amigos no dia 5 de dezembro. Eu nunca a fiz beber álcool ou pedi seu número de telefone. Haviam muitas pessoas na festa. E nunca ‘coagi mulheres a fazerem sexo’ ou me envolvi em ‘estupro’. O mesmo se aplica às [alegações sobre] meninas menores de idade. Se eu tiver feito algo assim, vou me entregar à prisão. Eu assumirei legalmente a responsabilidade por minhas palavras aqui“.

Kris Wu debutou com o EXO pela SM Entertainment em 2012. Inicialmente ele começou como líder do sub-grupo chinês EXO-M, mas depois da fusão se reuniu com os outros integrantes sul-coreanos, formando um grupo só de 12 membros. O vínculo, no entanto, só durou até 2014, quando ele abriu um processo judicial contra a agência para terminar seu contrato, declarando violação dos direitos humanos como o motivo principal.

Curtiu esta matéria? Clique aqui para ler mais conteúdos do Oh My God! by POPline. Tem listas, curiosidades, virais, celebs, k-pop, reality shows e muito mais sobre cultura pop!

Escrito por Carolina Stramasso

Jeongyeon se afasta do TWICE pela 2ª vez em menos de um ano

"Love, Love, Love", musical do Now United, ganha data de estreia

“Love, Love, Love”, musical do Now United, ganha data de estreia