Foto: Reprodução
in

CD Baby Brasil lança série de debates em homenagem ao Dia da Mulher; confira programação

A semana nas redes sociais da CD Baby Brasil será especial em homenagem ao Dia Internacional da Mulher comemorado nesta segunda-feira (8). Intitulado “Mulheres que Inspiram”, o projeto de debates por meio de uma série de lives vai reunir profissionais de destaque do mercado da música para dividirem suas histórias e carreiras com intuito de inspirar mais mulheres na cena.

Ao todo serão cinco encontros, do dia 8 a 12, sempre às 15h, no perfil oficial da distribuidora no Instagram – considerada uma das maiores no setor DIY (faça você mesmo) do mundo. Os encontros serão conduzidos pelo time de especialistas da CD Baby e a equipe da Listo Music – empresa de Digital Marketing Music.

Confira a agenda completa de lives “Mulheres que Inspiram”:

08/03 – Aline Wirley (artista) com Giulia Perin (Youtube specialist CD Baby Brasil)
09/03 – Monique Dardenne (fundadora da Women’s Music Event) com Marina Amano (diretora Listo Music)
10/03 – Juli Baldi (pesquisadora musical e diretora criativa da Bananas Music) com Nina Santana (coordenadora de marketing)
11/03 – Guta Braga (CEO do Música , Copyright e Tecnologia) com Giulia Perin (Youtube specialist CD Baby Brasil)
12/03 – Jhenyfer Lira (artista) com Erika Parr (coordenadora de marketing internacional CD Baby)

Em tempo…

A CD Baby, anunciou que arrecadou US$ 125,4 milhões (mais de R$ 700 milhões) de serviços digitais e de streaming ao longo de 2020. Isso equivale a cerca de US $ 2,4 milhões todas as semanas. O valor anual aumentou 13,9% em relação aos US$ 110,1 milhões que a empresa arrecadou em nome de seus clientes independentes em 2019.

A distribuidora – que contava com 950.000 clientes de distribuição ativos no final do segundo trimestre de 2020 – também detalhou exatamente de onde veio esse dinheiro em ambos os anos:

  • Cerca de 40% das coleções de royalties digitais da CD Baby em 2020 foram oriundas do Spotify, que pagou ao distribuidor pouco mais de US $ 50 milhões. Isso foi US $ 6,3 milhões acima do valor que o distribuidor arrecadou do Spotify em 2019.
  • A Apple Music foi mais uma vez o segundo maior contribuinte de receitas digitais para a CD Baby em 2020. A plataforma pagou para a distribuidora US $ 23,15 milhões no ano passado, cerca de 18,5% das receitas digitais totais da CD Baby em 2020.

Confira os principais insights do relatório anual da CD Baby clicando aqui!

Escrito por Rafa Ventura

Vídeo: Fãs causam aglomeração em volta de Avril Lavigne

Vídeo: Fãs causam aglomeração em volta de Avril Lavigne

Antenada, Melody surpreende ao cantar hit da Kali Uchis e arranca elogios