(Foto: Reprodução Internet)
in ,

BTS: V é considerado o “ator mais cotado” na Coreia do Sul

Além de cantar, artista também se dedica a atuação e já trabalhou em famoso drama sul-coreano

Não basta fazer sucesso na música. Agora V do BTS também se destaca como o “ator mais cotado” na Coreia do Sul. A informação é do site Allkpop, que noticiou a grande fama que o artista conquistou desde seu primeiro trabalho como ator, no famoso drama de 2016 “Hwarang”.

(Foto: Reprodução Internet)

Apesar dos projetos com o BTS, há mais de cinco anos V não se dedica exclusivamente à atuação. Desde então, de acordo com a publicação do site, grandes empresas de drama sul-coreano o procuram desesperadamente.

Recentemente um veículo Starnews revelou que as propostas feitas para que V retorne a atuação são grandiosas, similares a que o ator mais bem pago da Coreira do Sul, Kim Soo-Hyun, recebe. Estamos falando de 500 milhões de wons por episódio, cerca de R$ 2,5 milhões. Já pensou?

Compre BTS na Regards

Em seu último trabalho, V interpretou Seok Han-sung, um jovem guerreiro que contracena com o time de protagonista. Assista ao trailer:

BTS se posiciona contra racismo que asiáticos sofrem

Está ocorrendo um forte movimento na internet contra o racismo que pessoas asiáticas recebem. O motivo foi um brutal crime em Atlanta, no estado da Geórgia, Estados Unidos, onde pelo menos 6 mulheres asiáticas foram assassinadas. Com isso, a campanha #StopAsianHate está circulando na internet para demonstrar apoio a todos que sofrem com esse preconceito.

Os asiáticos mais conhecidos do mundo são RM, Jimin, Suga, J-Hope, Jungkook, V e Jin, membros do BTS. Portanto, eles não poderiam deixar de fazer um pronunciamento. Com isso, uma carta aberta foi divulgada nesta terça-feira (30).

Leia o pronunciamento do BTS

“Enviamos nossas mais profundas condolências aqueles que perderam seus entes queridos. Sentimos tristeza e raiva. Relembramos momentos em que enfrentamos discriminação como asiáticos. Suportamos palavrões sem motivo e fomos ridicularizados por nossa aparência. Fomos ate questionados por que os asiáticos falavam em inglês”, desabafou o grupo.

Não podemos traduzir em palavras a dor de nos tornarmos alvo de ódio e violência por tal motivo. Nossas próprias experiências são irrelevantes em comparação com os eventos que ocorreram nas últimas semanas. Mas essas experiências foram suficientes para nos fazer sentir impotentes e destruir nossa autoestima“, continua

K-POP revolta
Foto: WSJ. MAGAZINE

O que está acontecendo agora não pode ser dissociado de nossa identidade como asiáticos. Levou um tempo considerável para discutirmos isso com cuidado e refletirmos profundamente sobre como devemos expressar nossa mensagem. Mas o que nossa voz deve transmitir é claro. Somos contra a discriminação racial. Condenamos a violência. Você, eu e todos nós temos o direito de ser respeitados. Estaremos juntos“, completou em comunicado.

O comunicado foi comunicado em coreano e em inglês, para que todos entendam.

O POPline também apoia a campanha #StopAsianHate e manda condolência às famílias que tiveram perdas nesse cruel assassinato. Como um site de pop, entendemos que os asiáticos são fundamentais para este ramo e seguiremos fortes na valorização deles.

Curtiu esta matéria? Clique aqui para ler mais conteúdos do Oh My God! by POPline. Tem listas, curiosidades, virais, celebs, k-pop, reality shows e muito mais sobre cultura pop!

Escrito por Carolina Stramasso

Igreja de Satã parabeniza Lil Nas X por tênis "satânico'

Igreja de Satã parabeniza Lil Nas X por tênis “satânico’

BBB 21: Rodolffo chama João Luiz de "bichinha faiada"

BBB 21: Bichin ou bichinha? O que Rodolffo falou contra João Luiz?