in

“It’s Britney, B*tch”: Há 10 anos, Britney Spears lançava o álbum “Blackout”

25 de outubro: neste mesmo dia em 2007 Britney Spears lançava seu marcante álbum “Blackout”. Esse foi o grande e esperado retorno da cantora após um período conturbado, sendo perseguida constantemente por paparazzi, tendo problemas com drogas, divórcio (marcado por uma disputa judicial pela guarda dos filhos) e polêmicas…

Com o álbum, a cantora mostrou força de vontade para voltar a fazer música e conseguiu grande impacto, mesmo que essa não tenha sido a recuperação definitiva de seus problemas pessoais.

Com uma sonoridade electropop, dance-pop e R&B, a cantora conseguiu influenciar o mercado musical da época com algo inovador. Em entrevista ao The Fader, Britney relembrou como foi processo de criação do álbum. “’Blackout’ foi a primeira vez que trabalhei com a Danja (um dos produtores) e ele me deu a oportunidade e liberdade para trabalhar com sons e influências mais urban”, disse Britney.

Singles

“Gimme More” – (#3 no Hot 100)

“Piece Of Me” – (#18 no Hot 100)

“Break the Ice” – (#43 no Hot 100)

“Radar” – (#88 no Hot 100)

Presente no “Blackout”, a música foi aproveitada como single posteriormente na era “Circus”.

Desempenho comercial

“Blackout” estreou em 2º lugar nos Estados Unidos com 290 mil exemplares vendidos. O álbum tem certificado de platina nos Estados Unidos e já vendeu mais de 2 milhões de cópias mundialmente.

VMA

A era foi marcada por seu grande retorno no palco do VMA de 2017 interpretando “Gimme More”. A performance foi criticada por playback e pela dança “desajeitada” da cantora, mas acabou se tornando icônica e é lembrada até hoje.

Escrito por Caian Nunes

Escoltada, Madonna visita favela no Rio de Janeiro em mesmo dia de tiroteio

Divulgando o álbum “Flicker”, Niall Horan faz performances na TV e na rádio