Foto: Reprodução / Instagram
in ,

Veja o clipe de “Até o Piso”, parceria de Daya Luz, Solange Almeida e MC Rebecca

Música vem com grande mensagem de empoderamento feminino.

Daya Luz está completamente tomada pelo espírito olímpico e se juntou com Solange Almeida e MC Rebecca para a música “Até o Piso”, seu novo single, lançado no primeiro minuto desta nesta sexta-feira (06).

Veja o clipe de "Até o Piso", parceria de Daya Luz, Solange Almeida e MC Rebecca
Foto: Divulgação

Anunciada ainda em julho, “Até o Piso” é um funk de produção de DJ Batuta que vem com uma mensagem forte de empoderamento feminino e sororidade, reafirmando a importância da união e liberdade feminina, tema bastante abordado por Daya Luz em seus lançamentos musicais.

“Nessa música, o meu desejo inicial foi de ter mulheres fortes que representassem a cara do Brasil e estou muito feliz de ter Solange e Rebecca comigo. Três mulheres de partes diferentes do país, com etnias, gêneros musicais, idades, histórias diferentes, mas que juntas levam uma mensagem de sororidade mostrando a força que temos quando estamos unidas”, afirmou Daya Luz, em comunicado à imprensa.

Leia mais:

“Quando recebi a música me apaixonei de cara porque a letra é uma característica nossa, pluraliza o empoderamento, a volta por cima”, completou Solange Almeida.

 

O clipe de “Até o Piso”: Assista!

Para o videoclipe de “Até o Piso”, Daya Luz, Solange Almeida e MC Rebecca destacam atletas de futebol, mostrando todo o empoderamento feminino, a sororidade e, claro, o espírito olímpico que toma conta do mundo atualmente.

O clipe é também uma mensagem de apoio à seleção brasileira feminina de futebol, que disputou as Olimpíadas de Tóquio 2020, mas foram eliminadas nas quartas de final.

Daya Luz
Foto: Felipe Paiva

LETRA

Me deixa em paz, não quero escolta
Nem tenta não tem volta
Engole sua revolta
Para e repara, observa, me solta

Ó! Ó!, olha como eu to melhor
Ó! minha raba ta maior
Ó! tua marra ta menor

Mas Ó! Ó!, quem rebola nunca fica só
Ó!, e se ficar puto é pior
Ó!, pode sofrer não tenho dó

Eu vou, vou ! até o piso
Quebro quebro! até o piso
Desço desço! até o piso
Ate o piso!
Ai que perigo!

Eu vou, vou! até o piso
Quebro quebro! até o piso
Desço desço! até o piso
até o piso

(desce mãe)
(até o piso)
(Vai)
(Desce desce)

Para de seguir a minha vida
Desce pra faixa, aqui só tem bandida
Se liga, sem prioridade nessa fila
Cê abusou, perdeu a disciplina
Não pira, pega só o naipe dessa mina
Rouba cena, cê sabe desfila, brilha
Para de gritar pra fazer clima
Você que lute! hoje eu tô por cima!

Chorei depois que tudo acabou
Mas foi melhor, gloria a deus me libertou
Me deixa em paz, não quero escolta
Nem tenta não tem volta
Engole sua revolta
Para e repara, observa, me solta

Ó! Ó!, olha como eu to melhor
Ó! minha raba ta maior
Ó! tua marra ta menor

Mas Ó! Ó!, quem rebola nunca fica só
Ó!, e se ficar puto é pior
Ó!, pode sofrer não tenho dó

Eu vou, vou ! até o piso
Quebro quebro! até o piso
Desço desço! até o piso
Ate o piso!
Ai que perigo!

Eu vou, vou! até o piso
Quebro quebro! até o piso
Desço desço! até o piso
até o piso

Escrito por Kavad Medeiros

Meu Xodó

Preta Gil e o filho Fran estão em família no clipe “Meu Xodó”

Ivete Sangalo leva patrocínios milionários para The Masked Singer Brasil