Ariana Grande lucra milhões
Foto: Reprodução/Instagram
in ,

Ariana Grande fará parceria com BTS?

Música de BTS e Ariana Grande tem tudo para se tornar realidade.

No mundo da música, as coisas têm sua hora certa para acontecer e serem divulgadas. Enquanto isso, os fãs ficam ansiosos para saber os próximos passos. De qualquer forma, há certo meios de receber dicas, não é mesmo? Um deles são os “insiders”. Essas pessoas conseguem informações quentes e soltam pela internet, acredite quem quiser. Uma informação recente dá a seguinte novidade: Uma parceria de Ariana Grande com BTS!

Muito dinheiro
Foto: Reprodução/Instagram

O insider que soltou essa costuma acerta com muita frequência. Acontece que isso faz muito sentido e é algo que já era comentado pelos fãs há algum tempo. Dizem por aí que a parceria entra no novo álbum do BTS.

Por que faz tanto sentido?

Agora BTS e Ariana Grande fazem parte da mesma empresa.  No começo do mês foi anunciada a compra de 100% da capital da Ithaca Holdings, empresa de Scooter Braun que gerencia artistas como Ariana Grande e Justin Bieber, pela HYBE, antes conhecida como Big Hit. Portanto, faz sentido que a empresa queira juntar dois de seus maiores nomes.

Se eles são grandes e fazem sucesso sozinhos, imaginem juntos? Resta esperar para saber o que vai rolar.

Compre Be do BTS na Regards

Ariana Grande está lucrando

Essa compra acaba gerando muito dinheiro até para os artistas que já eram da Ithaca Holdings, como Ariana Grande. De acordo com a Forbes, ela vai lucrar cerca de US$ 12 milhões em ações. Ela é artista que mais faturou com seu trabalho dentro do catálogo da empresa e, por isso, é a que receberá mais grana.

A HYBE está diversificando sua receita além do BTS e a chegada desses artistas ocidentais de sucesso contam muito. Por conta disso, a empresa tem muitos motivos para deixar Ariana Grande bem feliz com essa grana alta, já que ela tem potencial para gerar muito mais.

Escrito por Caian Nunes

BBB 21

Gilberto diz que não conseguia ver Viih Tube como jogadora

drivers license

Joshua Bassett aclama “deja vu”, música da Olivia Rodrigo