Foto: Gabriel Leão/POPline
in ,

Animação e Orgulho marcaram a Micareta São Paulo; saiba tudo o que aconteceu

Evento aconteceu nos dias 16, 17 e 18 de junho na capital paulista

A Micareta São Paulo parou a capital paulista durante os dias 16, 17 e 18 de junho. Com diversas atrações, música boa e muito orgulho LGBTQIA+, tudo indica que essa verdadeira festa veio para ficar! Os shows de Ivete Sangalo, Daniela Mercury, Luísa Sonza, Pabllo Vittar, Gloria Groove, Ludmilla, Babado Novo, Alinne Rosa, Pepita, Lia Clark, Danny Bond, Claudia Leitte e É o Tchan foram um verdadeiro sucesso!

Foto: Gabriel Leão/POPline

LEIA MAIS:

O evento contou com um espaço bem especial que tem a cara e a vibe do Portal POPline: o Lounge POPline! Quem teve acesso comprou um tipo de ingresso especial, tendo visão panorâmica dos trios. O ingresso dava acesso ao parque de diversões, aos seis bares e à praça de alimentação, ou seja, deu para curtir a música e ao mesmo tempo curtir brincando!

Confira tudo o que rolou na Micareta:

16 de junho (quinta-feira)

Daniela Mercury foi responsável por abrir a Micareta São Paulo. E nada mais justo, né? Acostumada com os trios elétricos de Salvador, a cantora de axé transformou a capital paulista em Bahia! Além do repertório cheio de hits, a artista fez um apelo pelos povos indígenas e também conscientizou o público sobre as eleições para presidente deste ano.

Em seguida foi a vez de Luísa Sonza, a cantora do momento! Ainda promovendo as músicas do álbum “Doce 22“, lançado em 2021, não faltou hit no repertório da cantora. “Anaconda“, feat com Mariah Angeliq, foi uma das músicas mais aguardadas! No entanto, foi com o remix de “sentaDONA” que Sonza quebrou tudo. Para completar, ela ainda foi dançar no meio do público.

E quem encerrou o último dia Micareta São Paulo foi ninguém menos que Ivete Sangalo. Afinal, se o assunto é Carnaval não tem como ser diferente, né? A cantora, como já era de se esperar, colocou todo mundo para pular! Com 28 anos de carreira, Ivete relembrou diversos momentos da sua carreira em cima do trio e fez um show inesquecível.

LEIA MAIS:

17 de junho (sexta-feira)

Mari Antunes, vocalista do Babado Novo, foi a responsável por abrir a Micareta São Paulo na sexta-feira (17). Além de revistar os hits que fizeram do Babado um dos maiores grupos de axé do país, Mari também contou músicas novas e fez todo mundo pular!

Gloria Groove subiu no trio da Micareta SP logo em seguida e fez o público suar mesmo no frio de São Paulo. Além de cantar as músicas do seu último álbum, “Lady Leste“, a drag queen também relembrou todos os seus hits. Ou seja, teve “Bonekinha”, “Vermelho”, “Coisa Boa”, “Bumbum de Ouro”, “A Queda” e muito mais!

Quando o assunto é fazer um bom show, pode chamar Ludmilla! Cheia de hits, Lud cantou “Socadona”, “Maldivas”, “Deixa de Onda”, “Favela Chegou”, “Café da Manhã”, “Rainha da Favela”, “Verdinha”, “Solta a Batida” e muito mais! E é claro que também rolou um “Lud Sessions“, né?

Por último e com certeza não menos importante, Pabllo Vittar fechou a noite de apresentações de sexta (17). Chegando diretamente da sua turnê na Europa, a maior drag queen do Brasil deixou a Arenha Anhembi pequena com o tanto de hits! Em cima do trio, a cantora apresentou canções como “Flash Pose”, “Trago seu Amor de Volta”, “Amor de Quenga”, “Timida” e muito mais!

LEIA MAIS:

Sábado (18 de junho)

Abrindo a programação de sábado (18), Pepita, Lia Clark e Danny Bond foram responsáveis por deixar a Micareta São Paulo mais colorida e animada. Cantando seus maiores hits, teve até que foi para o chão com o objetivo de sentir o calor do público mais de perto. Ou seja, não tinha jeito melhor de começar a Micareta.

Cheia de energia, Pepita levou hits aclamados pelos fãs e, não satisfeita, ainda desceu do trio com seu corpo de baile, se divertindo horrores por lá. O agito foi certo com músicas como “Chama na Beleza”, “Marmita” e “Chifrudo”, por exemplo. Um ícone da comunidade LGBTQIA+. Além disso, ao nosso apresentador Vitor Zucarelli sobre representatividade e o mês do Orgulho.

Lia Clark também arrasou! No trio, a cantora drag queen levou hits de seu novo álbum, o “LIA (pt.1)”, lançado neste ano, além de grandes sucessos como “Viciei”, “VRAU”, “Surra” e “Terremoto”. Resumindo: um verdadeiro baile funk para esquentar ainda mais evento!

Danny Bond fez um show para não deixar ninguém parado. Na ocasião, a gata levantou o público ao cantar “PPK“, “Independência de Tcheca“, “Cagar no Pau“, uma parceria com A Travestis, e o já clássico “Tcheca“.

Na sequência, o público foi contagiado com o melhor da Bahia. Assim, para fechar com chave de ouro, a folia contou com ninguém menos que Alinne Rosa, Claudia Leitte e É o Tchan.

Alinne Rosa foi a primeira a agitar o público com o melhor do axé. Para a ocasião, a cantora preparou um lookinho todo especial. Afinal, esse retorno aos trios precisava de um figurino a caráter para a grandiosidade do evento, não é mesmo?!

É óbvio que a Claudia Leitte não tinha como ficar de fora. Antes de subir no trio da Micareta, Claudia Leitte já havia dito que estava se preparando bastante tempo para esse momento. “Eu tô muito animada, muito feliz. Tô doida pra subir nesse trio aí. Acho que eu aguardei muito por esse momento, quando as pessoas me virem, meu figurino, minha energia, vão perceber isso“, declarou Claudinha em entrevista ao POPline.

Para finalizar o evento: É o Tchan. O grupo, que possui mais de 28 anos de carreira, levou o público ao delírio com seus clássicos, além de muitos covers. Durante uma entrevista ao POPline, eles comentaram sobre a responsabilidade de comandar um trioelétrico. “O trio não é pra qualquer um fazer, não! Trio é difícil e olha… se um trio quebrar, por exemplo, aí fica difícil! Você fica mais de 15 horas alí cantando… Tem que ter repertório e graças a Deus, a gente tem e se não tiver, a gente inventa haha”, destacaram.

Escrito por Ingrid Rodrigues

Após sofrer furto milionário, Carlinhos Maia decide se mudar

Opinião: Confira novas bandas e artistas para ouvir em 2022