Kanye West
in ,

Acusado de se candidadar à Presidência para ajudar Donald Trump, Kanye West diz que “objetivo é vencer”

Kanye West
Kanye West nega que sua candidatura seja apenas para ajudar Donald Trump na eleição (Foto: Divulgação)

Kanye West usou sua rede social para esclarecer que seu principal objetivo na disputa pela Presidência nos Estados Unidos é vencer. Recentemente, o rapper foi acusado de sair como candidato independente para favorecer o republicano Donald Trump, atual presidente do país, “roubando” votos do candidato democrata, Joe Biden, em alguns estados.

De acordo com reportagem da revista “Vice”, o Partido Republicano ajudou Kanye a enviar as assinaturas necessárias para poder sair candidato no estado de Wisconsin.

LEIA MAIS

Após pedir desculpas a Kim Kardashian, Kanye West visita hospital nos Estados Unidos
Eleições 2020: Kanye West perde o prazo para participar de votação na Carolina do Sul
Kanye West pede desculpas à Kim Kardashian por discutir publicamente assuntos particulares

Em um artigo do “The New York Times”, por sua vez, os colunistas Danny Hakim e Maggie Haberman afirmam que o esforço em relação à candidatura de Kanye parece “uma operação executada pelos aliados do presidente Trump” para desviar votos de Biden.

O rapper negou. “O objetivo é vencer”, escreveu Kanye, em um post no Twitter, respondendo às provocações e suspeitas da imprensa.

Veja!

Vice do chapa de Kanye é “coachig de vida bíblica”

No começo da semana, o site TMZ revelou que Kanye West escolheu Michelle Tidball, que já se definiu como “coaching da vida bíblica”, para ser sua vice-presidente.

Além de coaching da vida bíblica, em sua biografia, Tidball diz que anteriormente “trabalhou como terapeuta de saúde mental por dez anos”. Ela também já falou, em uma das suas conferências bíblicas, que “não assiste ao noticiário”.

Rapper aumenta equipe e investe na campanha

Kanye West está investindo para consolidar sua candidatura à presidência dos Estados Unidos. Ainda de acordo com o TMZ, ele estaria fortalecendo sua equipe e trazendo pessoas com cohecimento político para fazer parte da campanha.

O cantor está recrutando consultores políticos e pessoas experientes na área para ajudá-lo a chegar às urnas em mais estados.

O principal objetivo do rapper no momento é coletar assinaturas válidas suficientes para torná-lo um candidato elegível nos estados restantes, já que perdeu o prazo em alguns locais, como a Carolina do Norte.

Voluntários para ajudar na divulgação da campanha também farão parte do time.

Kanye West chora em primeiro comício ao falar de aborto

Kanye West fez recentemente seu primeiro comício como candidato à Presidência dos Estados Unidos. Na ocasião, o rapper revelou algumas de suas propostas de governo e falou sobre temas como aborto, controle de armas e direitos LGBTQIA+.

Rapper falou sobre suas propostas em comício (Foto: Reprodução)

Durante o discurso, Kanye West chorou ao revelar que conversou com Kim Kardashian sobre a possibilidade dela fazer um aborto quando os dois namoravam. Após a desistência, eles tiveram North West. “Quase matei minha filha”, afirmou com lágrimas nos olhos.

O artista revelou ainda que planeja criar uma bolsa anti-aborto aonde cada mãe que tivesse uma criança ganharia cerca de U$S 50 mil por ano.

Escrito por Victor Arris

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bhaskar faz neste sábado a primeira live do mundo à base de energia solar

Compositora de grandes sucessos, Diane Warren critica “WAP”, de Cardi B e Megan Thee Stallion