Ruxell, Pablo Bispo, Ferrugem e Xamã estarão no Wired Festival 2021 | Fotos: Divulgação
in

Wired Festival 2021: debates com Ruxell, Pablo Bispo, Ferrugem, Xamã e mais

O evento acontece nos dias 1 e 2 de dezembro, no Planetário da Gávea, na cidade do Rio de Janeiro

Com o propósito de inovar, compartilhar ideias e gerar valor na prática, O Globo e a Editora Globo Condé Nast promovem mais uma edição do Wired Festival, nos dias 1 e 2 de dezembro, no Planetário da Gávea, na cidade do Rio de Janeiro. Com o mote “The Lab of Us”, o festival traz nomes como Ruxell, Pablo Bispo, Xamã, Ferrugem, L7nnon e Carol Paschoal, para debater sobre os novos rumos do mercado.

Idealizado em parceria com a consultoria de inovação 16 01, dos sócios Eduardo Paraske e Leonardo Brazão, o Wired Festival volta ao formato presencial após o hiato ocasionado pelo período de isolamento social. A pandemia e seus efeitos no ser humano inclusive foram um importante ingrediente utilizado para se pensar o evento e seus talks. Além da 16 01, a Condé Nast também convidou Adriana Barbosa, CEO da PretaHub e fundadora da Feira Preta para atuar na consultoria do festival.

“Nós somos laboratórios de inovação, transformação e criatividade. A inovação não é só algo que buscamos, mas também está no nosso cotidiano, em pequenos gestos e decisões. Não nos damos conta, mas somos motores de inovação”, diz Paula Mageste, CEO da Edições Globo Condé Nast (EGCN), que detém os direitos da marca “Wired” no Brasil.

Programação

Entre os palestrantes já confirmados estão artistas como Negra Li, Rincon Sapiência e Xamã; criadores de conteúdo como Nathaly Dias, a blogueira da baixa renda, a Pequena Lô, Gil do Vigor e Bianca Andrade, a Boca Rosa. Além de Urias, Ruxell, Pablo Bispo, Ferrugem, Yuri Marçal e Carol Paschoal, CEO e diretora criativa da assessoria que cuida de artistas como Emicida, Djonga, Liniker, além de festivais como o Lollapalooza.

Leia mais:

A programação traz ainda Buuba Aguiar, Gizele Martins e Jefferson Quirino, idealizadores de projetos sociais que transformam a vida de moradores de comunidades do Rio de Janeiro; empreendedores como Rafael Dulton, cofundador da Movile – grupo de tecnologia que possuiu as empresas Ifood, Playkids, Sympla, Wavy, entre outras, além de Alice Pataxó, ativista e comunicadora Indígena da aldeia Pataxó Craveiro, fundadora do canal Nuhé no YouTube e estudante de Bacharelado Interdisciplinar em Humanidades pela Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB).

Clique aqui e confira a programação completa!

 

Escrito por Rafa Ventura

Em “A Fazenda”, Rico é acordado por pum de Solange: “Tá frouxa?”

Família de Jean Paulo, o Cirilo de “Carrossel”, é processada