banner com link para rádio globo
Becky G, Anitta e TINI | Foto: Divulgação
in

WhatsApp, Anitta, Becky G e TINI se unem para empoderar mulheres na indústria musical

Na campanha elas usam o microfone azul do WhatsApp como símbolo do poder do app em amplificar as vozes femininas de toda América Latina

O que Anitta, Becky G e TINI fazem quando precisam colaborar na música e falar sobre seus projetos para empoderar as mulheres da América Latina? Respondendo a pergunta com: “elas usam as mensagens de voz do WhatsApp para compartilhar ideias, experiências e fortalecer suas expressões artísticas” que o aplicativo anunciou sua nova campanha focada empoderar mulheres na indústria musical.

Leia mais:

As três artistas latinas ajudaram a transformar a cultura na região fazendo suas vozes serem ouvidas além de suas músicas, ampliando mensagens sobre a importância da expressão individual e liderando o diálogo sobre empoderamento. Para mostrar como elas impulsionaram suas conexões pessoais, o WhatsApp lançou hoje, dia 4 de março, a campanha “Escúchanos. Míranos – Nos ouçam. Nos vejam”, com as três estrelas da música latina.

Anitta em campanha do WhatsApp | Foto: Divulgação

A campanha inclui um vídeo curto que mostra como as cantoras usam as mensagens de voz do aplicativo para se manterem conectadas, compartilharem experiências e ideias criativas enquanto colaboram para criar músicas e se apoiarem em uma indústria dominada por homens.

O vídeo, que será postado nos perfis oficiais do WhatsApp nas redes sociais e nas contas de Instagram de Anitta, Becky G e TINI, usando o microfone azul do WhatsApp como símbolo do poder que os recursos do aplicativo têm para amplificar as vozes femininas de toda América Latina, dando-lhes uma plataforma para falar e promover mudanças progressivas.

“O que eu amo no WhatsApp é que posso me expressar como faria pessoalmente, seja com uma figurinha, um emoji ou enviando uma mensagem de voz. Isso é especialmente importante para alguém que está constantemente viajando de cidade em cidade. Preciso ser capaz de me comunicar com minha equipe, meu produtor, colegas artistas e, claro, minha família”, revela Anitta.

“Muitas vezes, temos que tomar decisões criativas sobre minha música e minha carreira usando o WhatsApp. Ser capaz de me expressar de forma clara, genuína e fácil me faz sentir confiante sobre essas decisões. Além de ser muito divertido. Às vezes eu posso simplesmente enviar uma figurinha para minha família e eles sabem exatamente que mensagem eu quero transmitir e como estou me sentindo”, completa.

A mexicana-americana Becky G adiciona: “O uso do WhatsApp abriu muitas portas para mim e se tornou um espaço onde podemos empoderar umas às outras na indústria da música e além. O app permitiu que muitas de nós latinas trabalhássemos juntas e compartilhássemos nossas vozes, músicas e ideias. Tem sido uma ótima maneira de se conectar, encontrar resiliência entre nós, e ajudar a impulsionar a cultura latina”.

Já a argentina TINI destaca que está “muito feliz que o WhatsApp tenha pensado em mim para esta campanha porque, sem dúvida, é uma das minhas plataformas favoritas, pois me ajuda a realizar muitos dos meus projetos. É um dos aplicativos que mais me acompanha no meu dia-a-dia, no trabalho, nas minhas relações pessoais com familiares e amigos e nas minhas relações profissionais. É por isso que sinto que é uma grande ferramenta em todos os aspectos”.

Para trazer mais visibilidade para as mensagens de empoderamento compartilhadas por Anitta, Becky G e TINI, o WhatsApp criou pacotes de figurinhas com cada uma das artistas. As figurinhas estarão disponíveis diretamente no aplicativo no dia 8 de março – Dia Internacional da Mulher. Dessa forma, os fãs das três artistas poderão compartilhar as imagens com seus amigos e enriquecer as conversas sobre empoderamento feminino.

Produção feminina e premiada

O vídeo “Escúchanos. Míranos – Nos ouçam. Nos vejam” foi filmado em Las Vegas no dia 19 de novembro de 2021, um dia após a premiação do Latin Grammy. Ele traz uma trilha sonora original criada por duas das principais produtoras de música latina, Ali Stone da Colômbia e Tiffany Román Louk de Puerto Rico. Foi dirigido pela premiada cineasta britânica Jess Colquhoun, e editado pela talentosa María-Celeste Garrahan de Puerto Rico.

Também como parte da campanha, o WhatsApp fez uma parceria com a jornalista colombiana Leila Cobo, vice-presidente e líder da Indústria Latina na revista Billboard, para organizar um jantar em Los Angeles no dia 1 de março, que reuniu talentos femininos emergentes e artistas já estabelecidas.

O jantar recebeu 50 cantoras, compositoras, produtoras e outras criadoras da música latina como parte do evento anual Women in Music da Billboard. Foi uma oportunidade para elas se conectarem e construírem novos relacionamentos que continuam a criar impacto por meio de grupos no WhatsApp.

Escrito por Rafa Ventura

Arthur revela medo de Maíra Cardi terminar relação após BBB22

"Teen Wolf": diretor mostra locações do filme em Atlanta

“Teen Wolf”: diretor mostra locações do filme em Atlanta