(Foto: Instagram/@wesleysafadao)
in ,

Wesley Safadão comenta seu vídeo com pastor encostando em criança

“Realmente uma grande injustiça o que estão fazendo”, declarou o sertanejo em Instagram Stories

Wesley Safadão usou suas redes sociais nesta segunda-feira (26) para sair em defesa de André Vitor, pastor e amigo, após recente polêmica devido a um vídeo que tem circulado nas redes sociais.

(Foto: Instagram/@andrevitor7)

O registro foi publicado no Instagram Stories do sertanejo, mas já foi retirado. Nele, André Vitor aparece atrás de uma criança e a abraça. A menina se desvencilha e, na sequência, ele aparece puxando a camisa para baixo da cintura. O gesto gerou controvérsias nas redes sociais, levando Wesley Safadão a se pronunciar.

“Não sei o que tá acontecendo com o mundo de hoje. Essa internet está doente, essa é a verdade. Estava falando aqui com minha assessoria, eles pediram para que eu não me pronunciasse, só emitisse uma nota. Mas eu não vou ficar bem se eu não for leal com a pessoa que mais me ajudou nessa vida. Uma pessoa que só edifica minha vida, minha casa, que me aproxima de Deus. Estou falando do André Vitor”.

LEIA MAIS: Thyane Dantas, esposa de Wesley Safadão, furou a fila da vacina?

Safadão disse que considera André Vitor “como irmão, uma pessoa de total confiança minha, da minha esposa, da minha família e nosso círculo de amizade” e disse que é uma “grande injustiça o que estão fazendo“.

O sertanejo citou os “juízes da internet“, que em sua visão “condenam as pessoas sem ouvirem a versão” e declarou que, na verdade, André Vitor estava tentando se esconder porque tem complexo com seu peso.

“Ele está acima do peso, ele tem complexo em mostrar isso. Ele sempre tira foto puxando a camisa, quando vê que está filmando ele fica se escondendo atrás das pessoas porque ele não quer mostrar sua barriga. Então gente, vamos repensar. São vidas, profissões que estão do outro lado. A gente precisa espalhar mais amor e mais paz. […] A gente só vê ódio e julgamento nessa internet, vamos ter mais empatia pelo próximo, vamos parar de querer cancelar as pessoas”.

André Vitor também se pronunciou sobre a polêmica

Em contato com Fábia Oliveira do jornal O Dia, o pastor reforçou o argumento de que estava se escondendo atrás da menina. “Posso te mandar dezenas de fotos e vídeos que eu estou nesta mesma posição ([e puxar a camisa pra baixo]. Estou acima do peso e isso é uma mania minha”, explica.

“Uma grande loucura e injustiça que já está sendo acompanhada por uma equipe criminal, por tentarem manipular uma situação contra mim sem sequer saberem quem sou. Os pais da criança, que são praticamente meus irmãos, e eu, estamos todos juntos pra não levarem isso mais à frente, porque é uma maldade sem precedentes comigo, que só planto o bem e tenho total familiaridade e amor. Somos todos família e, principalmente, com uma criança que não pode jamais ter esse estigma de assediada, porque é muito bem tratada e amada por todos nós. Estamos todos muito indignados”, desabafou André Vitor.

Reveja o vídeo que circula nas redes sociais:

Escrito por Carolina Stramasso

Tokyo

Descubra quem é a “Lady Gaga das Olimpíadas” que virou meme

10 músicas de K-Pop que estão tocando nas Olimpíadas