(Foto: Reprodução Internet)
in ,

Web pede Marcos Mion sem camisa no comando de “No Limite”

Na estreia do reality show internautas lamentaram a apresentação de André Marques

A estreia de “No Limite” rendeu no Twitter, principalmente por conta das primeiras tretas, especulações de casais e, é claro, eliminação. Mas o público também fez críticas sobre a apresentação de André Marques, apontando que a Globo deveria ter colocado Marcos Mion, com enfâse no “sem camisa”, à frente do programa.

(Foto: Divulgação TV Globo)

O nome de Mion foi sugerido porque, antes da revelação de André Marques, ele foi apontado como um dos possíveis apresentadores de “No Limite”. A suposição agradou muita gente e caiu como uma luva porque ele tinha acabado de finalizar o contrato com a TV Record.

Só que não foi isso que aconteceu e nesse meio tempo Mion foi contratado pela Netflix. Vale dizer que Boninho até chegou a dizer no Twitter que os dois trabalhariam juntos, mas até agora nada foi confirmado.

LEIA MAIS: Saiba como ficou a divisão das duas tribos rivais

Não foi uma novidade, então, quando os internautas levaram o nome de Mion aos assuntos mais falados do Twitter durante a estreia do reality, que aconteceu na noite da última terça-feira (11). A verdade é que muita gente não curtiu a ausência dele e no Twitter isso ficou bem explícito.

Acompanhe a repercussão:

Os tweets foram tantos que até o próprio Marcos Mion respondeu um, mas em tom de brincadeira, claro. “Se o Mion fosse o apresentador ele estaria sem camisa correndo e fazendo as provas junto dos brothers”, disse o internauta.

O recém contratado da Netflix concordou, acrescentando: “Hahaha! E ainda gritando nos ouvidos deles! “VAAAAAAAAI P**RAAAA”!”.

Curtiu esta matéria? Clique aqui para ler mais conteúdos do Oh My God! by POPline. Tem listas, curiosidades, virais, celebs, k-pop, reality shows e muito mais sobre cultura pop!

Escrito por Carolina Stramasso

Confira a capa de ‘Atenção’, música de Pedro Sampaio e Luísa Sonza

“Parado no Bailão” viraliza mais uma vez e domina os charts internacionais