Taylor Swift. Foto: Instagram @taylorswift
in ,

Universidade de Boston cria sociedade dedicada a Taylor Swift

Universidade de Suffolk é a 26ª instituição anglofalante a ter uma sociedade dedicada à cantora.

Taylor Swift não é só um fenômeno da indústria da música, ela também vem deixando sua marca no mundo em geral e ganhou mais uma sociedade dedicada à ela em uma universidade da cidade de Boston, nos Estados Unidos.

Foto: Divulgação

Leia mais:

A Universidade de Suffolk anunciou a criação da Sociedade de Taylor Swift, que abrirá espaço para os fãs da cantora se juntarem e realizarem todo tipo de atividade relacionada a ela, desde noites de cinema, listening parties até leitura de livros recomendados por Taylor.

“Nós realmente queríamos criar um espaço para qualquer um que queira vir e apenas falar sobre Taylor Swift, ouvir Taylor Swift, conhecer outros Swifties e pessoas que têm coisas em comum com eles”, afirmou Alyssa McInnis, presidente da Sociedade, em entrevista ao site da Universidade de Suffolk.

Com essa nova Sociedade na Universidade de Suffolk, Taylor Swift agora possui 26 sociedades em diferentes universidades anglofalantes ao redor do mundo, incluindo Estados Unidos, Canadá, Reino Unido e Austrália.

Taylor Swift faz história com 10 álbuns acima de 1 bilhão de streams no Spotify

Taylor Swift. Foto: Instagram

É a dona da indústria! Não é novidade que Taylor Swift é uma das artistas com o maior número de streams nas plataformas digitais. E no dia 18 de fevereiro, a estrela fez história ao conquistar a marca de dez álbuns em sua discografia com mais de 1 bilhão de plays no Spotify.

Com o feito, ela estende seu posto de artista feminina com o maior número de discos na casa dos bilhões de streams na plataforma de áudio: agora são 10. O marco foi atingido nesta sexta-feira, logo que o “Fearless (Taylor’s Version)”, lançado em abril de 2021, contabilizou o seu primeiro bilhão de plays. Antes dele, o último disco de Taylor a bater a marca foi o “Red (Taylor’ Version)”, lançado em novembro do ano passado, sendo o disco de Taylor a atingir esse feito mais rápido.

Com isso, Swift tem incríveis dez álbuns com mais de um bilhão de streams na plataforma, algo inédito para uma artista feminina na história da plataforma. Vale lembrar que o objetivo das regravações era solucionar o imbróglio em que a cantora se envolveu após a venda de sua antiga gravadora para o empresário Scooter Braun.

Escrito por Kavad Medeiros

Após Arthur brigar com Lucas, Eli detona brother: “Cara egoísta, só pensa nele”

BBB22: Lucas revela irritação com aliada do seu quarto: “Estou saturado”