in ,

“The Lion King: The Gift”, de Beyoncé, volta ao top 10 da Billboard 200

Álbum de Beyoncé do ano passado voltou ao ranking da Billboard (Foto: Getty Images)

O álbum “The Lion King: The Gift”, de Beyoncé, voltou a entrar na parada da Billboard 200, em 10º lugar, após a estréia de “Black Is King”, na Disney, em 31 de julho.

O disco vendeu 27 mil unidades equivalentes nos Estados Unidos na semana encerrada em 6 de agosto, um aumento de 1.462%, de acordo com Nielsen Music / MRC Data.

O álbum estreou originalmente e alcançou a posição número 2 na parada em 3 de agosto de 2019.

LEIA MAIS

>>> Beyoncé dedica “BLACK IS KING” a apenas um filho: entenda o porquê
>>> Veja como assistir “BLACK IS KING”, o filme da Beyoncé
>>> Beyoncé aparece na TV, dá entrevista e libera trechos de “BLACK IS KING”

O gráfico da Billboard 200 classifica os álbuns mais populares da semana nos EUA com base no consumo multimétrico medido em unidades de álbum equivalentes.

O novo gráfico datado de 15 de agosto, onde “The Lion King: The Gift” entra novamente na 10ª posição, será publicado na íntegra no site da Billboard no dia 11 de agosto.

“Black Is King”, o trabalho mais recente de Beyoncé, é baseado na música de “The Lion King: The Gift”, e foi escrito, dirigido e produzido pela cantora.

O álbum “The Lion King: The Gift” também se beneficia de sua reedição em 31 de julho com três faixas adicionais para voltar ao ranking.

Aclamada: Saiba o que a mídia falou sobre “Black is King”

Beyoncé lançou o filme “Black is King”  e foi muito aclamada pelo filme. O projeto recebeu nota 100 no Rotten Tomatoes, site que faz uma média das críticas da mídia especializada. A maioria admira a forma que a cantora valorizou a cultura africana.

Veja o que disse a imprensa!

The Guardian

É convincente em todos os sentidos e leva você a uma jornada emocionante: não apenas através da história de ‘O Rei Leão’, mas através de uma pequena porção das belas culturas e tradições que existem dentro das comunidades negras em todo o mundo.

USA Today

A verdadeira estrela do filme visual é o talento bruto e inexplorado de criadores de todo o mundo que mostraram suas ricas tradições, culturas, histórias e linhagem. […] Beyoncé fecha ‘Black is King’ com uma performance celestial de ‘SPIRIT’ ao lado de um coral colorido e Blue Ivy, que faz inúmeras aparições em todo o projeto de sua mãe.

The Sydney Morning Herald

O filme leva o espectador a um passeio deslumbrante e surreal através de paisagens naturais e futuros da era espacial, incorporando elementos da história e da tradição negra. Com o ressurgimento do movimento Black Lives Matter este ano, ‘Black Is King’ é uma declaração de orgulho oportuna e poderosa. “Deixe Black ser sinônimo de glória”, diz ela – e que o mundo se sente e escuta.

The Wrap

Sim, “Black Is King” é uma peça extravagante de empoderamento, um riff de “O Rei Leão” que se passa na África e aponta continuamente para a beleza e o poder da experiência negra. Mas este banquete visual baseado no álbum de 2019 de Beyoncé, “The Gift”, encontra seus momentos de glória na força de suas imagens, que são mais atraentes do que a história ou o subtexto.

Standard

Qual é a história que ecoa O Rei Leão: um jovem príncipe se envolve em alguns problemas e deve embarcar em uma longa jornada antes de retornar para reivindicar seu trono. Os temas são força interior e o significado de “realeza”. As imagens são consistentemente positivas: lantejoulas no deserto, um Rolls-Royce com estampa de leopardo, uma seqüência de piscinas todas pretas. Em um dos muitos discursos poéticos de ligação, Beyoncé diz: “Sempre fomos maravilhosos … Éramos belos antes que eles soubessem o que era beleza”. Com esta celebração vívida, ela vai muito além de dizer que Black Lives Matter para mostrar a inspiração deslumbrante de sua ancestralidade.

Mama’s Geeky

Os espectadores não devem entrar em Black Is King esperando um filme real com um enredo real. No entanto, eles terão uma jornada visual e musical absolutamente deslumbrante.

Escrito por Victor Arris

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Guitarra de Jimmy Hendrix é leiloada por mais de R$ 1 milhão

12 artistas trans que Marília Mendonça pode convidar para sua próxima live

Entenda a polêmica na qual Marília Mendonça é acusada de transfobia