Fotos: Divulgação
in

SELIM lança coletânea de Carnaval com artistas da nova MPB

Intitulada “Amor de Carnaval”, a playlist traz releituras inéditas de clássicos que fizeram história em outros Carnavais.

O Selo SELIM, comandado pelo empresário Alexandre Ktenas (que também é colunista do POPline.Biz é Mundo da Música), anunciou o lançamento da sua primeira coletânea de canções inéditas com artistas da “Nova MPB”. Intitulada “Amor de Carnaval”, a playlist, disponível em todas as plataformas digitais, traz releituras inéditas de clássicos que fizeram história em outros Carnavais.

“Este é um projeto musical que promove muito mais do que um encontro de gêneros musicais, busca fazer um encontro de gerações, um encontro de emoções, um encontro de corações. Como quem vai no Farol da Barra ver os trios elétricos tocarem juntos músicas de amor em meio ao carnaval. “, revela Alexandre Ktenas.

Em “Amor de Carnaval”, a novíssima geração da Música Popular Brasileira se reúne para cantar grandes clássicos da Folia de Momo de todos os tempos, com três temporadas previstas. Cada uma delas será dedicada a algum Carnaval: dos blocos do Rio, passando pelas de Olinda, chegando nas esquinas de Minas. Nesta primeira, o tema é Bahia e seus amores. Serão sempre dois singles por semana, completando o primeiro EP em junho, mês dos Namorados.

A festa já começou nesta sexta-feira (28), com o duo mineiro Lado de Cá cantando “Doce Paixão”, eternizada na voz da Claudia Leitte, quando ainda era do Babado Novo, e com o cantor baiano 71NICIUS, “Com Amor”, grande clássico da banda Asa de Águia, de Durval Lelys, ganha uma versão cheia de personalidade, mais lenta e romântica.

O duo Lado de Cá e 71NICIUS estão na coletânea “Amor de Carnaval” | Foto: Divulgação

A cada semana, mais dois clássicos, mais dois novos nomes da nova MPB. A paulistana Clara Valverde fez uma versão multicolorida para “Beat Lamento”, sucesso na voz de Daniela Mercury, composta por Márcio Mello. Já a mineira Lizandra gravou “100% você” e a pernambucana Joyce Alane trouxe uma versão para “Diga que valeu”, ambas do Chiclete com Banana. A catarinense Luana Berti empresta sua voz para a clássica “Não precisa mudar”, que ficou famosa na voz de Ivete Sangalo e Saulo Fernandes.

Com Direção de Artista & Repertório de Ktenas e Dino Teixeira, produção executiva de Gabriel Silveira, marketing de Tati Baumworcel, arte de Jeff Penna e distribuição da ADA/Warner Music, a coletânea trará novas músicas todas as sextas-feiras. Além disso, a segunda temporada já está prevista para setembro e, para janeiro de 2022, a terceira.

Escrito por Rafa Ventura

Ouça “O Menino e o Espelho”, música de Pabllo Vittar para o filme “Quem Vai Ficar com Mário?”

Sexy? BTS brinca com fãs em MV de “Butter (Hotter Remix)”