in ,

Rogério Flausino fala com exclusividade sobre o cancelamento da turnê europeia do Jota Quest

Foto: Divulgação

A pandemia causada pelo novo coronavírus tem provocado a onda de cancelamentos de grandes eventos mundo afora. O que afetou a agenda internacional de muitos artistas brasileiros como o Jota Quest, que embarcaria nos próximos dias para sua primeira turnê europeia. O POPline conversou com exclusividade com o vocalista Rogério Flausino, que falou sobre a frustração de adiar um projeto tão desejado pela banda.

“Estamos realmente chateados porque esperamos até quando foi possível para tomarmos uma decisão. Mas vamos ter que cancelar a nossa tão sonhada primeira turnê na Europa. Os shows aconteceriam entre os dias 19 a 29 de março. Passaríamos por Paris, Amsterdam, Lisboa, Londres, Dublin, Turim, Barcelona e Madri: oito cidades de sete países. Infelizmente, alguns deles já estão com eventos totalmente proibidos e nas próximas horas outros tomarão a mesma medida”, lamentou Flausino.

A opção por adiar a turnê passa pelo bem estar coletivo, segundo o cantor. “Imagine sair com uma equipe de 20 ou 22 pessoas. Eu ainda levaria minha esposa. Mas no momento nenhum país assegura que você possa sair de um lugar e entrar em outro de forma normal. Voos têm sido cancelados, uma série de coisas vem acontecendo e fogem da nossa alçada enquanto artistas, bem como dos produtores locais. Não tivemos outra opção a não ser o adiamento, mas ainda não podemos definir uma nova data porque não se sabe quanto tempo isso vai durar.”

Flausino conta que a divulgação desta turnê pelo Velho Continente começou há seis meses e os ingressos venderam muito bem em todos os lugares. “Ia ser um momento muito bacana pra banda, pros nossos fãs que estão espalhados mundo afora, diversos amigos saindo do Brasil pra passar férias e acompanhar. É uma situação muito constrangedora pra todo mundo e eu espero, do fundo do meu coração, que muito em breve a gente possa retornar à Europa pra fazer essa série de shows. Aproveito para deixar um abraço para todos os fãs que nos acompanhariam nesses shows”, finaliza o cantor.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, até o momento da publicação desta matéria, mais de 127 mil casos foram confirmados e mais de 4700 pessoas vieram a óbito por conta do Covid-19 (acompanhe aqui a atualização em tempo real).

Escrito por Daiv Santos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Lollapalooza da Argentina e do Chiles são adiados em decorrência do coronavírus

Lady Gaga anuncia “duetos muito emocionantes” para álbum novo: quem serão?