in

Rihanna decidiu recusar proposta para o Super Bowl por motivo nobre e polêmico, diz revista

O show do intervalo da final do Super Bowl, liga de futebol americano, tem a maior audiência da TV nos Estados Unidos. Todo ano um artista é escolhido para fazer um grande show e em 2019 deve ser o Maroon 5. No entanto, poderia ser Rihanna, mas ela recusou! É o que informa a revista US Weekly.

O motivo apontado para a negativa de Rihanna foi “porque ela apoia Colin Kaepernick”. Mas quem é ele? Ele é um jogador que fez um protesto contra a brutalidade e desigualdade racial da polícia norte-americana. Durante um jogo, ele se recusou a levantar durante o hino nacional, ficando de joelhos.

Tal atitude causou muita polêmica. Alguns acharam totalmente despeitosa, outros apoiaram a causa justa do protesto. Pelo jeito, Rihanna está do lado dos que apoiam.

“A NFL e a CBS realmente queriam que Rihanna fosse a artista do ano que vem em Atlanta”, revela a fonte. “Eles ofereceram a ela, mas ela disse não por causa da controvérsia do hino nacional. Ela não concorda com a postura da NFL”, afirmou. O jogador está afastado desde a polêmica.

Escrito por Caian Nunes

ROCKline: “It’s Not Living (If It’s Not With You)”: ouça a nova faixa do The 1975

Um motivo peculiar está fazendo que os fãs acreditem em uma parceria de Avril Lavigne e Taylor Swift