in

Representante do Spotify responde acusação de Nicki Minaj de que a plataforma negligenciou o álbum “Queen”

Nicki Minaj não está feliz com o desempenho do seu mais novo álbum, o “Queen”, no Spotify e, para ela, ela sabe muito bem a quem jogar a culpa. Além de se queixar com Travis Scott, rapper que atrapalhou um melhor desempenho do “Queen” na Billboard, e até de sua namorada, Kylie Jenner, Nicki Minaj também reclamou do Spotify.

Para a rapper, a plataforma de streamings não promoveu o “Queen” da mesma forma que promove os trabalhos de outros artistas do seu patamar. Segundo Nicki Minaj, o “boicote” do Spotify aconteceu porque o “Queen” estreou primeiro na Apple Music, sua concorrente direta.

Agora, depois das acusações de Nicki Minaj, um representante do Spotify resolveu responder à rapper por meio de um comunicado enviado ao website Hits Daily Double.

“O Spotify apoiou Nicki Minaj com um anúncio na Times Square, destaque nas maiores playlists, na New Music Friday e na sessão de novos lançamentos. Sua música ‘Bed’ na verdade viu um crescimento baseado nas táticas adotadas na campanha promocional. A empresa continua sendo grande fã de Nicki”, afirma o comunicado.

Escrito por Kavad Medeiros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

VMA 2018: Saiba tudo o que vai acontecer na premiação da MTV norte-americana

Veja “Don’t Leave Me Alone”, videoclipe da parceria de David Guetta com Anne-Marie