Foto: Divulgação
in

Projeto social abre 18 mil vagas de aulas gratuitas de música para crianças e adolescentes

As vagas são para 30 cursos nos polos de ensino do interior e litoral de São Paulo.

Tem entre 6 a 18 anos incompletos, mora em São Paulo e quer aprender a tocar um instrumento? As inscrições para novos alunos do Projeto Guri – maior programa sociocultural brasileiro, mantido pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo – começam dia 25 de janeiro e seguem até dia 26 de fevereiro. Desde seu início, em 1995, o Projeto já atendeu cerca de 770 mil jovens na Grande São Paulo, interior e litoral.

As 18.271 vagas disponibilizadas este ano são para 30 cursos gratuitos de música para crianças, adolescentes e jovens, nos polos de ensino do interior e litoral de São Paulo. As aulas terão início a partir do dia 1º de fevereiro e, independentemente do retorno presencial, os alunos terão acesso às atividades por meio da plataforma de ensino a distância.

Foto: Divulgação

Para fazer a inscrição, o responsável deve acessar o link (www.projetoguri.org.br/matricula2021) e preencher as seguintes informações:

  • Identidade do aluno ou da aluna (nome completo, data de nascimento e número do RG ou certidão de nascimento);
  • Endereço;
  • Informar se pertence ao grupo de risco da Covid-19 (colocar sim ou não);
  • Informar se o aluno ou aluna possui deficiência auditiva (colocar sim ou não);
  • Telefone para contato, com DDD (opcional);
  • E-mail (opcional);
  • Escola em que estuda;
  • Identidade do responsável (nome completo, número do RG, telefone e e-mail);
  • Informar o polo de interesse;
  • Informar o curso de interesse (1ª e 2ª opção);
  • Ler (a assinalar ciência) nos avisos de autorização do uso de imagem e Lei Geral de Proteção de Dados.

Cada instrumento possui uma faixa etária indicada para o aprendizado. Por exemplo, acordeon é indicado para maiores de 9 anos, bateria a partir de 10 anos e assim por diante, de acordo com o instrumento escolhido. Já as aulas de iniciação musical são para crianças a partir de 6 anos.

Segundo informações do Projeto, as faixas etárias indicam as idades apropriadas para o início em cada curso considerando razões de caráter pedagógico e de estrutura física, relacionadas ao desenvolvimento cognitivo, de maturidade muscular, tonicidade, coordenação motora fina etc.

Retomada das atividades presenciais

O retorno presencial dos alunos aprovados deverá ocorrer de maneira progressiva, atendendo à deliberação do Governo do Estado de São Paulo e à autorização prévia de cada uma das cidades onde os cursos são sediados. As famílias receberão as informações necessárias com antecedência, cientes de que todas as medidas de segurança estão sendo tomadas, visando a saúde e o bem-estar dos Guris, familiares, empregados, empregadas e comunidade.

Escrito por Rafa Ventura

Com músicas e vídeos derrubados, Francinne luta para reerguer carreira: “Sou uma mulher livre”

Com participação de Dilsinho, BFF Girls preparam primeiro DVD da carreira; confira as fotos