Foto: Reprodução de internet
in ,

Polícia busca músicas inéditas de Renato Russo em operação no RJ

“Operação Será” é um dos assuntos mais comentados no Twitter nesta segunda-feira

A Polícia Civil encontrou um relatório com 30 músicas inéditas de Renato Russo em três estúdios no Rio de Janeiro. Foram apreendidos computadores, HDs e discos contendo gravações na “Operação Será”, deflagrada após denúncias de Giuliani Manfredini, filho do artista e detentor dos direitos autorais do pai.

Foto: Divulgação / Legião Urbana Produções

Os agentes estiveram em três endereços ligados a um produtor musical que trabalhou com o ex-vocalista da Legião Urbana em seus últimos anos de vida – dois na zona sul e um no centro da capital fluminense. Eles tentam descobrir se o responsável estaria ocultando gravações inéditas de Renato Russo.

O delegado Maurício Demétrio, responsável pelo caso, contou ao jornal Correio Braziliense que as diligências indicam que estavam corretas as denúncias do filho de Renato Russo. Giuliano procurou a polícia há pouco mais de um ano para relatar que trabalhos inéditos do pai estavam sendo escondidos por empresários.

Tudo teria começado quando Giuliano recebera mensagens de um perfil fake nas redes sociais que dizia ter músicas inéditas do cantor. O relatório também aponta novas versões de músicas gravadas anteriormente pela Legião Urbana. O crime apurado pela polícia é de violação de direitos autorais.

A investigação, que vem sendo realizada de forma sigilosa, é comandada pela Delegacia de Repressão aos Crimes Contra a Propriedade Imaterial. Até o momento ninguém foi indiciado.

Escrito por Daiv Santos

Danna Paola mostra teaser de clipe com Luísa Sonza

Britney Spears: novas fotos do “Blackout” chegam à Internet