in

Pabllo Vittar encerra o Hopi Pride passeando por todas as eras de sua carreira e fala sobre possibilidade de parceria com Azealia Banks

A missão de encerrar o Hopi Pride Festival ficou nas mãos de ninguém menos que Pabllo Vittar e a maior drag queen cantora do Brasil sabe muito bem como causar.

Em seu show no festival, que aconteceu no Hopi Hari, em São Paulo, neste sábado (10). Pabllo Vittar não só apresentou músicas de seu mais recente álbum, o “Não Para Não”, como fez um verdadeiro passeio por todas as eras de sua carreira, incluindo as músicas lançadas antes de seu álbum de estreia, o “Vai Passar Mal”. Músicas como “Open Bar” e “Minaj” fizeram parte do setlist da cantora em seu show no Hopi Pride.

Confira alguns vídeos:

Em conversa com o POPline antes de subir ao palco, Pabllo Vittar falou um pouco sobre a expectativa de conhecer a rapper norte-americana Azealia Banks, com quem Pabllo se apresentará na 2ª edição do Festival Pisa Menos. O evento acontece via Planner Eventos na cidade de Fortaleza, no próximo dia 14 de novembro, véspera de feriado.

Será que há possibilidade (e desejo) de parceria com Azealia? “Agora vai ser [o nosso] primeiro encontro e… quase amizade, sabe? A gente vai trocar umas ideias, tô treinando já minhas gírias”, afirmou Pabllo Vittar, com muito bom humor. “Ela não é uma pessoa muito fácil, mas ela é uma pessoa muito talentosa e eu sou muito fã do trabalho dela, não só como cantora, como compositora, com produtora.”

“Quero sim fazer uma coisa com Azealia mais na frente, mais pra frente. Ela é muito talentosa. Mas por enquanto tô de fã e torcendo pelo sucesso dela, sempre sempre mais”, concluiu Pabllo Vittar.

Escrito por Kavad Medeiros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Abrindo o Hopi Pride Festival, Francinne canta seus sucessos e faz covers de Anitta, Cardi B e Camila Cabello

NRJ Awards 2018: Veja as apresentações de Dua Lipa, Shawn Mendes e David Guetta com Anne-Marie e Bebe Rexha