Now United demonstra fascínio por funk brasileiro
(Foto: Reprodução / Instagram @baileymay)
in ,

Now United demonstra fascínio por funk brasileiro

Integrantes postam vídeos demonstrando seu interesse pelo estilo musical.

O Now United tem no Brasil seu principal público e faz questão de conhecer um pouco da cultura brasileira. Os integrantes Sabina Hidalgo (do México), Bailey May (das Filipinas) e Josh Beauchamp (do Canadá) demonstraram seu fascínio pelo funk brasileiro recentemente.

Sabina postou um vídeo no TikTok, que era uma espécie de teste para ver se ela conhecia músicas brasileiras. Quase todas eram funks. E ela conhecia a maioria, o que incluiu sucessos de Kevinho, Anitta, MC Fiotti e Nego do Borel.

Veja o vídeo:
@nowunited

4/5 🔥 @sabyhidalgo 🇲🇽 | wait for my sister at the end 😂

♬ original sound – Luana Araya

Bailey May, por sua vez, respondeu na caixinha de perguntas do Instagram Stories que não cansa de ouvir as músicas de DJ GBR. O grupo tem facilidade para conhecer os funks porque uma das integrantes do Now United, Any Gabrielly, é brasileira. Ela deve apresentar o material para eles.

Josh Beauchamp também está na vibe de DJ GBR ultimamente. No mês passado, ele postou um vídeo ouvindo “Hoje É Sexo Na Rave”.

Em dezembro, também, a integrante Sina Deinert (da Alemanha) postou um vídeo dançando “MODO TURBO”, o hit da Luísa Sonza com Anitta e Pabllo Vittar.

Veja outros momentos do Now United se jogando no funk:

Grupo está de clipe novo, “How Far We’ve Come”

Depois do vídeo de retrospectiva no fim de 2019 ao som de “How Far We’ve Come”, o grupo Now United estreou o clipe da música propriamente nesta sexta (8/1). É seu primeiro lançamento de 2021. A estreia no YouTube se deu com mais de 30 mil espectadores simultâneos. Assista aqui!

Now United inicia 2021 com clipe oficial de "How Far We've Come"
(Foto: Reprodução / YouTube)

Escrito por Leonardo Torres

Em projeto especial, Gal Costa lança releituras de sucessos com Criolo e Tim Bernardes

Nicki Minaj perde processo e deverá pagar mais de R$ 2 milhões, diz site