in

Miley Cyrus revela que fuma maconha de novo: “minha mãe que me fez voltar”

Depois de escandalizar o público vindo de “Hannah Montana” na era “Bangerz”, Miley Cyrus disse em 2017 que havia parado de fumar maconha. A divulgação do álbum “Younger Now” foi toda “clean” – sem aparições chapada na TV ou fumaça em videoclipes. Mas a cantora está fumando de novo. A revelação foi feita pela própria cantora, durante a divulgação do single “Nothing Breaks Like a Heart” na Inglaterra. “Eu ainda fumo um pouco, de vez em quando. Foi a minha mãe que me fez voltar”, contou ao jornal The Sun.

Miley Cyrus é a favor da legalização do consumo de maconha em todo os Estados Unidos. Onde ela vive, na Califórnia, é permitido o uso medicinal. Ela diz que não fuma mais quando está trabalhando. “Acho que não funciono no meu nível mais alto, mais inteligente, mais presente e alerta e, por isso, não fumo quando trabalho”, explicou. Bem diferente do passado. Em 2014, o rapper Wiz Khalifa, grande consumidor de maconha, disse que Miley “soltava fumaça igual a um trem” quando eles se encontraram em um estúdio de gravação.

No ano passado, já fazendo um balanço sobre sua trajetória, Miley Cyrus contou no talk show de Jimmy Fallon que havia lhe concedido uma entrevista chapada. “Lembra da última vez que estive aqui? Eu estava vestida de coelhinha e depois de gata. Existe um motivo para isso: Eu estava chapada. Ninguém nunca morreu de fumar maconha, mas ninguém nunca fumou tanto quanto eu”, declarou, “quando eu estava chapada, basicamente ficava sentada em casa comendo. Eu perdi muito tempo brincando com meus gatos, cachorros e meu porco”.

Escrito por Leonardo Torres

Exclusivo: veja fotos do novo clipe de Jão, “Me Beija com Raiva”

Mais um prêmio para Zé Neto e Cristiano! “Largado Às Traças” é eleita a música do ano no troféu do Domingão do Faustão