banner com link para rádio globo
James LoMenzo está de volta ao Megadeth após 11 anos (Foto: Reprodução de internet)
in ,

Megadeth excursionará com o baixista James LoMenzo no lugar de David Ellefson

LoMenzo esteve na banda entre 2006 e 2010 e gravou dois álbuns

O Megadeth anunciou o retorno de James LoMenzo para o lugar de David Ellefson, que foi demitido do grupo no fim de maio. O baixista, também conhecido por seu trabalho no White Lion e Black Label Society, foi membro do Megadeth entre 2006 e 2010, e gravou os álbuns “United Abominations” (2007) e “Endgame” (2009).

James LoMenzo está de volta ao Megadeth após 11 anos (Foto: Gary Wolstenholme/Getty Images)

Vale ressaltar que o Megadeth prepara o lançamento de um novo trabalho intitulado “The Sick, The Dying and The Dead“. As linhas de baixo foram originalmente gravadas por Ellefson, que co-fundou o Megadeth e foi membro do grupo de 1983 a 2002, voltou em 2010 e permaneceu com as lendas do thrash até este ano. Contudo, coube a Steve DiGiorgio (Testament) substituir as gravações feitas até então. LoMenzo chega apenas para a turnê.

“Estou feliz em anunciar que o ex-baixista e ex-integrante do Megadeth, James LoMenzo, entrou para a nossa turnê. Os ensaios acabaram de começar e mal podemos esperar para rodarmos a América do Norte”, disse o vocalista e guitarrista Dave Mustaine. “Estou super feliz por voltar ao Megadeth para a ‘Metal Tour of the Year’. Não há fãs melhores do que os fãs do Megadeth”, LoMenzo acrescenta.

Leia mais:

David Ellefson deixou a banda após ser acusado de trocar mensagens com uma jovem

O Megadeth comunicou no dia 24 de maio a saída do baixista David Ellefson, que teve seu nome envolvido em um escândalo sexual com uma jovem. “Estamos oficialmente nos separando dele“, disse Dave Mustaine, líder da banda.

No começo de maio, David Ellefson, de 56 anos, foi acusado de enviar vídeos em que aparece sem roupas para uma jovem. Os registros, de acordo com a Billboard, vazaram na web e na época o baixista disse em uma nota:

Algumas conversas e interações privadas e pessoais surgiram online, sendo divulgadas com má intenção por um terceiro que não estava autorizado a tê-las ou compartilhá-las. Embora seja constrangedor, quero abordar isso da forma mais aberta e honesta possível“.

O músico é casado desde 1994 com Julie Foley e pediu desculpas à sua família. “Por mais que não seja algo que me orgulhe, eram interações adultas, privadas, que foram tiradas do contexto e manipuladas para infligir o máximo de dano à minha reputação, à minha carreira e à minha família“.

Escrito por Daiv Santos

VMA 2021: Kali Uchis fica triste por não ser indicada

VMA 2021: Kali Uchis fica triste por não ser indicada

Taís Araújo lamenta gafe com Fernanda Souza e Thiaguinho no “Masked Singer”