Foto: Divulgação
in

Marshmallow Festival aposta em 12 horas de shows e diversidade

O line-up do evento traz nomes como Gloria Groove, Lexa, Pocah, Pepita, Lia Clark e Danny Bond, entre outros

O Marshmallow Festival chega a São Paulo, dia 14 de janeiro, no palco do Village Barra Funda, com um line-up especial. O evento promete agitar o público por 12 horas seguidas, das 22h até às 10h, com nomes badalados do cenário do pop nacional e que representam, por meio de suas músicas e personalidades, a liberdade, espontaneidade, força e animação, que fazem parte da essência do evento.

Entre as atrações, estão Gloria Groove, Lexa, Pocah, Pepita, Lia Clark e Danny Bond, além de participações especiais, como Duda DelloRusso, as DJ’s Heey Cat e Babi Deejay, além da pioneira do “bate cabelo” no Brasil, a drag queen Marcia Pantera.

“Nosso objetivo é oferecer o festival mais doce de todos os tempos, por isso o nome ‘Marshmallow’. Vamos promover um encontro de gigantes, em um espaço igualitário, diverso e divertido, o qual o respeito é a base de tudo, além, é claro, da curtição”, explica Thiago Fernandes, empresário por trás da novidade no cenário cultural paulistano.

“Além de música, vamos incentivar ações sociais, que serão realizadas antes, durante e depois das 12 horas as quais estaremos todos juntos. Essa é a maneira que encontramos de ajudar a cidade e as pessoas, enquanto retribuímos, de alguma forma, a felicidade que sentimos ao poder aproveitar a vida novamente”, complementa.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Marshmallow Festival (@marshmallowfestival)

Leia mais:

Uma “fábrica” de sustentabilidade será uma das ações implementadas durante o festival. Nela, todas as latas de bebida vazias serão recolhidas e entregues para trabalhadores que têm a reciclagem como principal fonte de renda. As garrafas também terão um lixo especial, para que seja feito o descarte correto para serem recicladas. Outra atitude do bem é a plantação de mudas em pontos específicos da cidade.

“Os locais escolhidos para as plantações serão em praças, bairros periféricos e perto de escolas públicas em que o verde é menos visto e presente. Por fim, ingressos solidários serão fornecidos para aqueles que querem aproveitar o evento, mas não possuem condições no momento”, ressalta Vitor Siad, sócio e também responsável pela nova marca musical.

Escrito por Rafa Ventura

MC Brinquedo diz que ex “quer fama” após acusá-lo de golpe

É namoro? Mel Maia aparece em live com MC Cabelinho e levanta suspeitas