in ,

Margareth Menezes defende Ivete Sangalo em live: “é nossa musicalidade”

A cantora Margareth Menezes realizou uma “live” no YouTube no sábado (1º/8) e recebeu um recadinho ao vivo da amiga Ivete Sangalo. As duas trocaram elogios e mostraram que as recentes polêmicas não afetaram a relação que elas têm. Ivete disse que começou a carreira inspirada por Margareth, e ela retribuiu:

“Ivetinha, eu agradeço muito suas palavras. Nós sabemos, você sabe, e eu sei também, como sempre foi e sempre será nossa relação. Graças a Deus, a gente nasceu na Bahia, esse ambiente que nos alimenta. É nossa musicalidade e é de qualquer um que tenha respeito a ela, e que represente de coração seu símbolo da Bahia”, disse.

“Rainhas” do axé são brancas?

Recentemente, ganhou espaço na mídia o debate sobre apropriação cultural e o “privilégio branco”. O ator Maicon Rodrigues questionou porque Ivete Sangalo e Claudia Leitte fazem tanto sucesso enquanto Margareth Menezes não alcançou a mesma popularidade:

“Duas pessoas brancas levam o nome do axé music no Brasil e são chamadas de ‘rainhas’: Claudia Leitte e Ivete Sangalo, e nenhuma das duas se coloca firmemente em relação a cultura afro-brasileira, mas fazem dinheiro explorando essa cultura e não fazem nada”, criticou.

Margareth Menezes defende Ivete Sangalo em live: "é nossa musicalidade"
(Foto: Reprodução / YouTube)

Taís Araújo também questionou

Durante uma live no Instagram, Taís Araújo perguntou à Ivete por que Margareth Grande não é “tão gigante” quando ela, tratando justamente do racismo.

Em entrevista ao “Papo de Música”, Margareth Menezes tratou do tema. “Existe um sistema. Isso não está no domínio da Ivete Sangalo em si, que é talentosíssima. O que se questiona é o próprio sistema que nos invisibiliza. É a máquina do privilégio. Por que um artista branco cantando faz sucesso e a mesma música cantada pelo bloco afro não faz?” questionou.

Escrito por Leonardo Torres

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

“BLACK IS KING” da Beyoncé vai parar na plataforma pornô Xvideos

Passeata com cases: profissionais de eventos protestam em SP e pedem ajuda governamental