in

Manu Gavassi rebate acusações de copiar “Sweet But Psycho” da Ava Max com “Cute But Psycho”

Manu Gavassi lançou um EP de três faixas nesta sexta (21/12), intitulado “Sweet But Psycho”, mesmo nome de uma das músicas. Imediatamente, internautas perceberam a semelhança do nome com “Cute But Psycho”, sucesso da americana Ava Max que entrou no Top 10 global do Spotify nesta semana e se mantém em 2º lugar na parada de singles britânica há várias semanas. As acusações de cópia não demoraram a aparecer, mas a brasileira já está rebatendo-as no Twitter.

Confira a defesa da cantora:

“Oi, haters. Deixemos algo bem claro: Primeiro que não ouvi essa musica e não sei quem é. Segundo que essa expressão ‘cute but psycho’ é tão véia que deve ser por isso que essa gata escolheu colocar ‘sweet but psycho’, pra ser até mais original. 3: AS MUSICAS NÃO TEM NADA A VER. Parem de encher meu saco e respeitem (gostando ou não) um bom trabalho de uma menina brasileira de 25 anos que alugou um quarto no meio do deserto e fez uma ideia do zero praticamente sozinha. Gostava mais quando falavam que copiei o cabelo da Dua Lipa. Que aliás cortei antes”, twittou.

Não é a primeira vez que Manu Gavassi tem problemas com um lançamento por conta de semelhanças com trabalhos anteriores de outros artistas. Em 2017, o single e clipe “Hipnose” foram apontados como plágio de “Hypnotic”, lançado em 2015 pela cantora Zella Day. Depois, Manu admitiu a inspiração. “A gente nunca escondeu essa inspiração. Quem me trouxe [o clipe original] foi meu diretor de arte porque o nome era parecido e pensou que a gente deveria se inspirar. Então, para mim não existia essa polêmica”, disse ao POPline.

Escrito por Leonardo Torres

É oficial: “Icarus Falls” do Zayn fracassa em vendas no Reino Unido

Entrevista: vocalista da banda Eva, Felipe Pezzoni anuncia DVD em comemoração aos 40 anos do grupo e entrega novidades para 2019!