in ,

Manu Gavassi conta para Pitty o quanto ela foi inspiração: “eu sei seu primeiro álbum de trás para frente”

Nesta semana Manu Gavassi foi a convidada do programa “Saia Justa”, do GNT. O papo principal eram os influenciadores digitais e como eles estão lidando nessa nova fase da sociedade. No entanto, só para esquentar, Manu acabou contanto uma história envolvendo Pitty, uma das integrantes do programa que estava participando de forma remota.

Os estilos musicais das duas são bem diferentes, então, talvez, você não imagine o quanto a Pitty foi uma influencia para a Manu Gavassi. Mas foi, sim!

Pitty foi importante para a carreira da Manu Gavassi
Foto: Reprodução / GNT

Cara, eu devia ter uns 10 anos, mas meu pai, que é um radialista, o Zé Luís, ele me entregou um álbum na mão. O meu pai sempre falou que não podia pedir presente no meio do ano, que não ia dar, só ocasiões especiais, mas CD e livro tava sempre liberado. Daí, assim que cheguei da escola, ele me entregou o primeiro álbum da Pitty“, lembrou Manu.

Ela continua: “Eu nem sei se era seu primeiro álbum mesmo ou se era uma daquelas demos que enviavam para as rádios antes, tipo promo. Ele falou: ‘você tem que ouvir essa garota, ela é novinha, ela vai ser uma inspiração para você na música, ela é compositora também, é da Bahia, e você tem que conhecer a Pitty. Eu nunca vou esquecer, eu sei seu primeiro álbum de trás para frente“.

Pitty, então, ficou muito feliz em saber disso, surpresa em como os caminhos acabam se encontrando.

Assista à participação da Manu Gavavassi no Saia Justa

Manu Gavassi rebate haters

Manu Gavassi tem muitos fãs, mas também tem haters (e quem não tem?). Recentemente, ela resolveu rebater e deu o que falar!

Manu Gavassi twittou “voltei a compor” e não podia imaginar o que aconteceria. A cantora e ex-BBB passou a ser duramente atacada no Twitter, por razões incompreensíveis, e decidiu se pronunciar. Desde o “BBB”, ela gera ira de pessoas que não aceitam seus ideais – como o feminismo.

“Se eu desperto a ira de fascistas com um simples tweet falando que estou na minha casa escrevendo, imagina quando eu começar a ganhar Grammys”, escreveu a cantora. Ela ganhou apoio de alguns nomes como Beni Falcone e até de Nando Reis“Precisa estar muito desocupado ou ter noção nenhuma para vir aqui encher uma pessoa por exercer seu ofício. Manu Gavassi, ignora. Como diz Gil na canção: ‘gente estúpida!’”, twittou Nando.

Escrito por Caian Nunes

Pixabay

Music Venue Trust solicita £50 milhões ao governo do Reino Unido para impedir fechamento das casas de shows

Beyoncé lança música de protesto de surpresa: “Black Parade”