Foto: @jef.delgado
in ,

Mano Brown e Djonga conversam sobre rap, família e carreira no ‘Mano a Mano’

Novo episódio do ‘Mano a Mano’ está disponível no Spotify

O podcast original do Spotify ‘Mano a Mano‘ promoveu um encontro de gerações do rap nacional em seu novo episódio, lançado nesta quinta-feira (21). O apresentador, Mano Brown, recebeu o rapper mineiro Djonga.

Leia mais: 

Durante a entrevista, eles conversaram sobre as lutas e batalhas para que se estabelecessem como expoentes do rap nacional enquanto mantinham suas famílias. “Eu não tenho saudade do que já passou no rap. Não tenho desprezo nem desrespeito, mas não tenho. O agora está melhor pra mim. Muita coisa eu não tive, renunciei muita coisa. E hoje em dia, são coisas que eu não negocio mais, nem pela fama, nem pela música, por nada. Não abro mais mão”, avaliou o veterano.

Foto: @jef.delgado

Djonga também relembrou os momentos difíceis ao longo da carreira e disse que questões familiares sempre serão difíceis para quem trabalha com arte. “Teve uma época que eu não conseguia estar com ninguém da minha família, em que eu só conseguia pensar em fazer o ‘bagulho’ virar. Eu estava desesperado,” disse o rapper.

Os artistas também avaliaram a cena atual do gênero e convergiram a respeito de novas abordagens e sonoridades, falando sobre o espaço ocupado pelo trap. Eles reiteraram a importância de artistas experimentarem. “Música, não tem essa onda. É igual roupa! Não tem por que o Dexter não fazer trap”.

Ouça o episódio do ‘Mano a Mano’ com o Djonga:

Escrito por Douglas Françoza

“Easy On Me”: Faltando dois dias, Adele já tem a melhor estreia do ano no Reino Unido

Dulce María é a RBD com mais ouvintes mensais no Spotify

Dulce María irá doar parte dos lucros do álbum “Origen” para comunidades indígenas