in

Louis Walsh acredita que o grupo Girls Aloud irá sim se reunir em um futuro próximo

Louis Walsh, conhecido por muitos como um dos jurados do “X-Factor UK”, também é um empresário de sucesso no Reino Unido, com boybands como Westlife e Boyzone, ele também foi o primeiro empresário do Girls Aloud, assim que o grupo foi formado no programa “Popstars: The Rivals”.

De lá pra cá, Louis deixou de empresariar as meninas e atacou algumas vezes uma de suas integrantes, Cheryl, colega jurada de Louis no “X-Factor UK” por várias temporadas.

Agora, em entrevista ao jornal britânico “The Sun”, Louis Walsh fez uma afirmação que acalentou muitos fãs do Girls Aloud. Ele acredita que sim, o grupo irá se reunir em um futuro próximo.

“Haveria um mercado gigante para uma reunião do Girls Aloud”, afirmou Louis Walsh. “Elas precisam adiar isso por um tempo mas elas tiveram grandes e brilhantes, brilhantes músicas  – algumas das melhores músicas por muito tempo. E elas todas são lindas.”

“Precisa ser com as cinco. Elas se sairiam muito, muito bem. Se o Bananarama conseguiu, por que o Girls Aloud não pode?”, concluiu Louis Walsh.

O último show do Girls Aloud aconteceu em 2013, na turnê que comemorou os dez anos de formação do grupo. Foi também quando decidiram, não por unanimidade, encerrar definitivamente o grupo, para cada uma se dedicar aos seus projetos solo.

Escrito por Kavad Medeiros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ROCKline: Filho de Liam Gallagher estaria “desesperado” para montar sua banda

Wanessa Camargo de volta ao pop?