Livro da Ally Brooke será publicado no Brasil
(Foto: Divulgação)
in ,

Livro da Ally Brooke será publicado no Brasil

Por aqui, autobiografia de Ally Brooke ganha título de “Em Busca de Harmonia”.

O livro autobiográfico da Ally Brooke, “Finding Your Harmony: Dream Big, Have Faith, and Achieve More Than You Can Imagine”, vai ser publicado no Brasil. A editora HarperCollins anunciou que a versão em português, intitulada “Em Busca de Harmonia”, chegará às livrarias em abril.

“No livro, a cantora abre o jogo sobre a separação do grupo e as dificuldades na carreira solo após o Fifth Harmony pausar as atividades por tempo indeterminado em 2018. Ally relembra a incerteza sobre o futuro de sua carreira, os comentários negativos, as críticas dos produtores e o esforço que não deixou de dedicar para conseguir compartilhar com o público suas músicas feitas por conta própria. Hoje, seus singles acumulam mais de 200 milhões de streams em todo o mundo. Ally também conta sobre a experiência no talent show The X Factor, da eliminação nos testes individuais até a formação do quinteto, que conseguiu alcançar o terceiro lugar na categoria de grupos. A norte-americana relata o medo que quase a fez desistir de participar do programa, além da insegurança em relação ao seu potencial que permaneceu durante o auge da fama internacional das cinco meninas”, diz a mensagem enviada à imprensa.

Livro da Ally Brooke será publicado no Brasil
(Foto: Divulgação)

Três anos de hiato do Fifth Harmony: Como andam as carreiras de Ally, Jane, Laurem e Normani?

O dia 19 de março se tornou uma data triste para os fãs do Fifth Harmony. É que nesta data, em 2018, o quarteto formado por Ally Brooke, Normani, Dinah Jane e Lauren Jauregui anunciou a pausa nos trabalhos do grupo pop. A partir dali ficou a expectativa sobre quatro carreira solos, mas, como a gente bem sabe, não aconteceu. O POPline News conta como andam os trabalhos das meninas.

Ally Brooke começou a lançar músicas paralelas ao grupo ainda em 2017. Mas foi em 2018 que o primeiro single saiu. De lá para cá, ela explorou suas raízes latinas, se uniu a nomes como Tyga e Afrojack, foi aclamada na TV com sua participação no “Dancing With the Stars”, e ainda visitou o brasil para divulgação.

Escrito por Leonardo Torres

João Gordo: “Quem apoia Bolsonaro é cúmplice de genocídio”

BBB 21: "Quero transar e não tem ninguém", lamenta Gilberto

BBB 21: “Quero transar e não tem ninguém”, lamenta Gilberto