in

Lady Gaga: “A Star is Born” supera previsão inicial de bilheteria nos EUA

A previsão inicial para a bilheteria de “A Star Is Born” (“Nasce Uma Estrela”) nos Estados Unidos era de 28 a 30 milhões de dólares, mas Lady Gaga e Bradley Cooper podem fazer mais. De acordo com a Billboard, baseado na primeira noite de recepção do filme, a projeção da Warner Bros passou para 43/44 milhões de dólares.

Ainda segundo o site da revista norte-americana, já na noite de estreia Gaga e Cooper renderam 15,8 milhões de dólares ao estúdio. Para se ter uma ideia, inicialmente, a previsão da Warner era que a nova versão do longa-metragem fechasse o primeiro final de semana em cartaz com 25 milhões de dólares arrecadados.

No entanto, a liderança da bilheteria deve ficar mesmo com “Venon”. O filme de Tom Hardy também teve sua previsão revisada para cima e de 60 a 65 milhões de dólares, o vilão pode fechar o final de semana de estreia com 80 milhões de bilheteria para a Columbia Pictures. O estúdio tenta segurar a ansiedade e, também para a Billboard, prefere trabalhar com “apenas” 70 milhões. Se os números para “Venon” se confirmarem, o filme terá a sétima maior bilheteria do ano.

> RESENHA: “Nasce Uma Estrela” parece ter receita fácil, mas o resultado vai muito além da expectativa

Recentemente, dois veículos de crítica cinematográfica deram notas extraordinárias para Lady Gaga e Bradley Cooper – o que ajudou mais uma vez na recepção incrível que o longa vem tendo da imprensa: o CinemaScore deu nota A e o Rotten Tomatoes deu 91 pontos, de 100, para “A Star Is Born”. Mesmo não liderando a bilheteria no final de semana de estreia, “A Star Is Born” tem tudo para consagrar Bradley Cooper no papel de diretor e Lady Gaga de atriz já em seu primeiro papel no cinema.

Aqui no Brasil o filme estreia na próxima quinta, 11.

Escrito por Amanda Faia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ludmilla e Melim se apresentam no Só Toca Top

DJ Snake e Justin Bieber celebram 1 bilhão de streams de “Let Me Love You” no Spotify