in

Kesha escreve carta para ela mesma com 18 anos: “há luz e beleza após a tempestade”

Nas vésperas de lançar seu novo álbum, o “Rainbow”, Kesha escreveu uma carta aberta para ela mesma com 18 anos. Representando um momento muito significativo, ela fala sobre força e superação.

Leia na íntegra:

Querida Kesha,

Neste momento, você pode estar se perguntando se foi realmente uma boa idéia deixar o ensino médio e se mudar para Los Angeles com nada além do carro do seu vovô e uma fita demo.

Eu tenho boas notícias e tenho más notícias, e eu sei que você é um pouco impaciente, então vamos começar com as boas notícias. Você conseguiu! E, graças a Deus, porque o melhor plano B que encontramos foi ser garçonete e logo descobriremos que não é realmente o nosso forte.

A má notícia é que você quase se matou no caminho do sucesso, alimentado pelo medo do fracasso, ansiedade e insegurança. Você se tornará severamente bulímica e anoréxica e quanto mais sua doença evoluir, mais elogios você receberá de algumas pessoas em sua indústria. E isso realmente vai ficar na sua cabeça. Mas quando você está tentando viver uma expectativa irrealista, nunca será bom o suficiente. Não importa o que você faça.

Agora, você está arrasando no Myspace, mas tenha cuidado porque a internet ficará muito menos inocente de forma rápida. Apenas se proteja de uma certa ansiedade e alguns anos de terapia e simplesmente ignore a seção de comentários. Ignore tudo junto. É um terreno fértil para a negatividade e o ódio. E não deixe que te assustem ou envergonhem, tentando que você mude as coisas sobre você que a tornam única e interessante. Essas são as qualidades que tornarão sua vida tão mágica. Essa garota má, com atitude de ‘eu não ligo’, funcionará por um tempo, e você obterá um sinal de dólar tatuado em sua mão que vai durar para sempre, provavelmente. Mas a verdade é que você não precisa fingir. Você pode apenas ser Kesha Rose Sebert e adivinha o quê? Aparentemente, isso é bom o suficiente.

As pessoas vão ouvir a sua música e chegar aos seus shows, desde que a arte seja honesta e boa e você está apenas sendo você mesma. Você ainda está em uma sociedade que adora os super modelos fotográficos. Todos nós ainda sentimos a pressão para parecer com eles, porque esse é um sintoma de uma sociedade que enfatiza todas as coisas erradas e esta será uma luta diária – e você deve ser forte porque com o tempo você ganhará confiança e você vai aprender isso. As palavras e a arte importam.

Você vai encontrar crianças que lhe dizem que lutam com muitas das mesmas coisas que você lutou, ou mais. E eles vão te dizer que sua música ajudou a salvar sua vida, e isso irá mudar você. Você vai aprender que a arte pode curar as pessoas.

Eu sei que você está muito inspirada por Bob Dylan e ele é seu favorito. Bob Dylan é uma das razões pelas quais você toca e um dia você vai encontrá-lo e você vai chorar lágrimas histéricas felizes ao pensar nisso.

Um dia você vai escrever uma música chamada “Rainbow” e você ficará muito orgulhosa disso porque há luz e beleza após a tempestade, não importa o quanto as coisas difíceis aconteçam. Você vai escrever essa música para que você se lembre disso. Você vai se lembrar de se amar e se você tem a verdade em seu coração, sempre haverá um arco-íris no final da tempestade.

Escrito por Caian Nunes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

VMA 2017: Kendrick Lamar é adicionado à lista de performances

Saiba o que a crítica especializada está achando de “What About Us”, novo single da P!nk