Foto: reprodução/ @karolconka @leojusti
in ,

Produtor de “Dilúvio”, de Karol Conká, comenta sonoridade ‘emo’

Quem acompanhou a grande final do Big Brother Brasil, pode ver não apenas Juliette se consagrando como a campeã de uma edição emblemática, mas também o retorno de Karol Conká à música. Diferente de seus colegas de elenco, que escolheram performar músicas já conhecidas do público, a rapper apresentou o seu novo trabalho. “Dilúvio” foi disponibilizada nas plataformas digitais minutos após o show.

Conká tomou conta do palco como uma deusa, em um vestido azul celeste, um visual diferente do apresentado ao público meses antes. Sorridente e ‘leve’, cantou o novo single com ares de quem está seguindo em frente depois de uma temporada conturbada. Para isso, ela contou com a ajuda do produtor Leo Justi, fundador do grupo heavy baile, e responsável por ditar a sonoridade adotada pela curitibana em seu novo trabalho.

Apesar do refresh na imagem, a música começou a ser preparada antes do programa, mas ganhou novos contornos e significados após a polêmica participação da intérprete na atração da TV Globo. “Esse beat é um beat meu antigo até, tem uns 4 ou 5 anos, de 2016 assim. E já faz mais de um ano que eu tenho falado com a Conká, ela estava com vários beats meus. Já tinha deixado uns 20 beats com ela”, disse Léo ao POPline.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Leo Justi (@leo_justi)

Creditado como feat, produtor e compositor de “Dilúvio”, o beatmaker revive sua veia roqueira em seu lançamento com a ex-bbb. “Ele é um beat que eu sinto maior relação com minha herança roqueira, meio que me conecta com a parada musical do início da minha história musical, que era mais o rock”, contou o produtor.

Seguindo uma tendência global de retorno do emo e a mistura do gênero com rap, Justi comenta a diferença deste trabalho para os seus projetos mais conhecidos:

“Tem uma vibe meio emo, tá ligado?! Em geral, o som que eu faço com o heavy baile e as outras coisas vão pra uma direção sempre mais agressiva, bem humorada, de certa forma é mais pra cima. E ele tem esse lado mais introspectivo, emocional.”

POPlineNews: O movimento ‘emo’ está de volta?

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por POPline 🎧 (@portalpopline)

Escrito por Douglas Françoza

Receita digital da Warner Music cresce 20% em 2021

Vítima do descaso do governo, Paulo Gustavo fez doações na pandemia