Karin Hils, do Rouge, fecha parcerias: "se confirmando, farei a suspensão do auxílio emergencial"
(Foto: Instagram / @karinhils)
in ,

Karin Hils, do Rouge, fecha parcerias: “se confirmando, farei a suspensão do auxílio emergencial”

A cantora Karin Hils, do Rouge, usou suas redes sociais nesta quinta (30/7) para falar da repercussão de ter recorrido ao auxílio emergencial de R$ 600 por estar sem trabalhar durante a pandemia do coronavírus. Segundo a cantora e atriz, conhecida pelo Rouge e pela novela “Carinha de Anjo” (SBT), a disseminação da notícia trouxe algo positivo.

Karin Hils, do Rouge, fecha parcerias: "se confirmando, farei a suspensão do auxílio emergencial"
(Foto: Divulgação)

“Estão surgindo coisas boas, com bons parceiros, e que tenho certeza que em breve vocês vão ver algumas postagens pelas minhas redes. Lógico, tudo isso se confirmando, eu farei a suspensão imediata do benefício, pois considero esse um dever ético quando não se necessita mais de tal benefício”, escreveu.

Leia o post completo:

Ver essa foto no Instagram

Primeiramente eu quero agradecer as mensagens de apoio, demonstrações de carinho, sororidade e principalmente empatia. Eu sempre fiz questão de desconstruir junto ao meu público a glamourização da minha profissão. Agir assim sempre fez sentido para mim e de uma certa forma faz com que as pessoas se aproximem de mim por aquilo que eu sou de verdade. Eu me senti frustrada em meio a essa pandemia, afinal, eu vivo do/e para o meu trabalho. Amo o que faço e por isso é agoniante tudo o que está acontecendo, não só comigo, mas com muitos colegas que trabalham com arte, seja na frente do público ou nos bastidores. Desejo a todos oportunidades para que possam se reestruturar, estamos juntos, independente da profissão ou situação de cada um. Todos merecem ter qualidade digna para sua sobrevivência. Vamos juntos passar por esse momento. As pessoas que me conhecem sabem que não costumo usar rede social para palanque de polêmicas e exposição de assuntos íntimos. Mas achei necessário fazer aquele desabafo para compartilhar com vocês a narrativa sobre a minha própria história. Saibam que eu estou bem, me reinventando e estudando. O lado bom disso tudo é que em meio a tanto baphon… (Meu Deus do céu!!! eu realmente não contava com toda essa repercussão 😱😂) estão surgindo coisas boas, com bons parceiros, e que tenho certeza que em breve vocês vão ver algumas postagens pelas minhas redes. Lógico, tudo isso se confirmando, eu farei a suspensão imediata do benefício, pois considero esse um dever ético quando não se necessita mais de tal benefício. Não são todos os dias que a gente consegue ser forte, mas é preciso manter a cabeça erguida e ter fé, afinal, aqueles que nos protegem não dormem. Ser preta e mulher nesse país faz com que tenhamos que lutar muitas vezes muito mais para sobreviver e sermos vistas. Então vamos pra cima, porque desde cedo aprendi que ser raçuda é obrigação. Aproveito para convidar todo mundo para conhecer (quem ainda não conhece), as minhas músicas, meu trabalho, que é feito com muito amor. Lancei no começo desse ano três singles, "Fogo”, "Pra você ficar” e "Nossa Lei”. Em breve mais novidades se Deus quiser. Obrigada pelo carinho de sempre

Uma publicação compartilhada por Karin Hils (@karinhils) em

Com o novo hiato do Rouge, Karin Hils emendou trabalhos no teatro – como “Donna Summer Musical” – e lançou suas primeiras músicas solo neste ano. O trabalho musical foi desenvolvido de forma independente.

Conheça o trabalho solo dela:

Escrito por Leonardo Torres

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

"Quase surtei com a solteirice e entrei para um aplicativo de encontro", diz Sam Smith sobre a quarentena. Foto: Divulgação

Ouça “My Oasis”, single do Sam Smith com Burna Boy

Azealia Banks ataca Lana Del Rey: "vadia, garota gorda"

Azealia Banks ataca Lana Del Rey: “vadia, garota gorda”