K-Pop: Red Velvet aparece completo pela 1ª vez em um ano
(Foto: Reprodução / YouTube)
in ,

K-Pop: Red Velvet aparece completo pela 1ª vez em um ano

Wendy e Irene retornaram após acidente e controvérsia.

Os fãs do Red Velvet começaram 2021 sorrindo. O grupo apareceu completo, pela primeira vez desde o fim de 2019, no show online “Culture Humanity” da SMTOWN. Irene, Seulgi, Wendy, Joy e Yeri se apresentaram juntas e fizeram uma performance da música “Psycho”.

Veja a apresentação do Red Velvet:

Nas redes sociais, os fãs do Red Velvet comemoraram a reunião do grupo completo. Muitas mensagens, especificamente, celebraram o retorno de Wendy, que estava afastada das atividades do grupo por conta de um acidente em 2019.

Por que o Red Velvet não aparecia mais?

No dia 25 de dezembro daquele ano, a SM Entertainment divulgou um comunicado cancelando a participação do Red Velvet no “2019 SBS Gayo Daejeon”. Wendy havia se machucado ao cair de uma plataforma durante um ensaio para a performance. Ela machucou o rosto, a pélvis e o pulso.

Depois disso, houve ainda o caso de Irene. A integrante do Red Velvet se envolveu em uma polêmica ao maltratar um funcionário, que explanou tudo na Internet. Com isso, a SM Entertinament havia colocado o Red Velvet em hiato, para dar tempo da história esfriar.

K-Pop: Red Velvet aparece completo pela 1ª vez em um ano
(Foto: Reprodução / YouTube)

Em novembro do ano passado, o CEO da SM Entertainment Lee Sung Soo deu a pista de que a situação estava prestes a mudar. “Red Velvet enfrentou uma controvérsia recente e por isso nos desculpamos. O Red Velvet está planejando retornar como versões mais maduras de si mesmas”, declarou.

Apesar da controvérsia, Irene não perdeu fãs, que são fiéis e entendem que ela é uma ser humano que erra, como todos os outros, mas pode se retratar – assim como foi devidamente feito. Irene, no entanto, acabou prejudicando o trabalho que estava desenvolvendo em dupla com Seulgi, que teve seu ciclo de vida encurtado.

Escrito por Leonardo Torres

25 vídeos que fazem 20 anos em 2021

Ticketmaster paga multa de $10 milhões por hackear sistema de empresa concorrente