Foto: reprodução/@justinbieber
in ,

Justin Bieber pede desculpas por compartilhar música de cantor acusado de racismo

O começo do ano foi agitado para o cantor country Morgan Wallen. Após atingir o topo da Billboard 200 com o álbum “Dangerous: The Double Album“, o astro viu sua carreira desmoronar ao se envolver em um escândalo. O TMZ revelou um vídeo no qual o cantor aparece usando um termo racista. Depois de alguns meses, Justin Bieber viu o seu nome envolvido nessa história.

O cantor canadense compartilhou e elogiou o álbum de Wallen em seu Instagram, gerando uma onde de comentários negativos. Fãs e seguidores de Bieber o acusaram de estar fazendo vista grossa para o racismo de seu colega de profissão. Nesta quarta-feira (04), Justin publicou um texto pedindo desculpas pelo seu equívoco e disse que não sabia dos comentários de Morgan, por isso recomendou.

Foto: reprodução/ @justinbieber INSTAGRAM

“Eu não fazia ideia de que a música do cara que postei foi encontrada recentemente com comentários de racistas, como vocês sabem, não apoio nem tolero nenhum tipo de racismo ou discriminação. Eu não tinha ideia, eu sinceramente peço desculpas a qualquer um que ofendi.”, escreveu Justin em seu Instagram.

“Quando eu era criança, era muito ignorante e fazia piadas racistas dolorosas, que, claramente, não eram engraçadas. Eu machuquei muitas pessoas, em especial as pessoas negras da minha vida, mas eu tive sorte o suficiente para tê-los me educando. Isso me traz aquelas memórias dolorosas de novo. Eu sempre tomarei responsabilidade por minha ignorância e meu passado porque eu sei que não sou aquela pessoa. Eu sei que já me desculpei por isso antes, mas sabendo que este é um assunto tão delicado, acredito que é importante trazer isso à tona para esperançosamente educar pessoas que talvez sejam ignorantes em relação ao racismo e como ele é doloroso”, escreveu Justin.

Leia mais: 

Escrito por Douglas Françoza

Anahí expõe Televisa e apresentador se desculpa anos depois

Por agora, Anahí não tem planos para retomar carreira solo

Happier Than Ever

Sem concorrência, Billie Eilish deverá estrear novo álbum no topo da Billboard