in ,

Juliette rebate críticas a projeto inédito de São João: “A festa não parou no século passado”

Cantora quer exaltar a tradição da festa, mas de forma a combater preconceitos que foram enraizados

Foto: Hugo Toni

Foi justamente no São João que Juliette deu seus primeiros passos como cantora e, agora, ela quer atualizar os moldes da festa sem romper com a tradição. Recentemente, a campeã do BBB 21 anunciou o projeto “São JUão”, sua própria celebração à festividade, e teve que lidar com críticas de internautas. “Em hipótese alguma eu vou querer mudar o que já é tão lindo”, rebateu Juliette, que aproveitou para reforçar a proposta do novo projeto. Veja!

LEIA MAIS:

Fotos: Reprodução – Instagram/@juliette

No “São JUão”, que se trata de um projeto audiovisual, Juliette irá ressignificar as festas juninas, enaltecendo a tradição da festividade, mas mostrando um lado livre de preconceitos que foram se enraizando às celebrações.

O projeto será gravado ainda esta semana no Rio de Janeiro, e irá contar com regravações de grandes clássicos do São João, além de uma música inédita. Os fãs, no entanto, acreditam que a cantora também receba a participação especial de outros artistas no registro, que acabou não sendo bem visto por algumas pessoas nas redes sociais, que não economizaram críticas.

“Eu vi alguns comentários dizendo assim: ‘Ela vai mudar o São João, ela vai tirar a tradição da festa?!’. Nunca, jamais! Em hipótese alguma eu vou querer mudar o que já é tão lindo, tão bonito. Eu vou trazer exatamente as raízes, as tradições. Vou trazer também a modernidade, porque essa festa é viva, ela se renova, ela não parou lá no século passado. Ela não parou no tempo. Ela cresce todos os anos, ela evolui, ela acrescenta. E ela traz toda essa ancestralidade, essa força da tradição, que a minha intenção é exaltar”, explicou Juliette.

Na opinião da cantora, porém, há sim o que possa ser mudado na festa. “O que precisa mudar é a cabeça pequena de algumas pessoas que resumem São João a um dente pintado de preto ou a alguma coisa xenofóbica. O resto é só engrandecer, celebrar, trazer alegria que é o que essa festa traz”, ponderou a cantora.